AFP PHOTO / CURTO DE LA TORRE
AFP PHOTO / CURTO DE LA TORRE

Real Madrid bate Las Palmas e mantém liderança do Espanhol

Casemiro e Marcelo deram assistências na vitória por 3 a 1

Estadão Conteúdo

31 de outubro de 2015 | 15h25

Com toda a ação do jogo concentrada no primeiro tempo, o Real Madrid venceu o Las Palmas por 3 a 1, neste sábado, no estádio Santiago Bernabéu, e abriu vantagem na ponta do Campeonato Espanhol, após dez rodadas. O Barcelona, vice-líder do torneio, entra em campo pressionado, mais tarde, contra o Getafe.

Depois de bater o Las Palmas, o Real Madrid chegou a 24 pontos, três a mais que os arquirrivais catalães,. O Las Palmas, por sua vez, estacionou nos seis pontos, na penúltima colocação do Espanhol.

Grande destaque nos últimos jogos do time merengue, Casemiro entrou muito bem novamente e logo apareceu para dar a assistência do primeiro gol da partida. Aos 4 minutos de jogo, o brasileiro encontrou Isco livre na direita para chutar bonito na saída do goleiro.

Pouco depois, o Real Madrid conseguiu ampliar contra o fraco adversário. Aos 14 minutos, Marcelo cruzou da meia esquerda com precisão para Cristiano Ronaldo, na marca do pênalti, cabecear no canto direito e balançar as redes.

O Las Palmas ainda tentou reagir e conseguiu descontar com Hernán, em cobrança de escanteio aos 38 minutos. Mas Jesé apareceu para dar números finais ao marcador ainda no primeiro tempo, aos 43 minutos.

Na segunda etapa, as jogadas de maior perigo ficaram para os minutos finais, quando o goleiro Varas, do Las Palmas, apareceu para evitar uma goleada. Aos 47 minutos, ele saltou aos pés de Cristiano Ronaldo para evitar o gol e, no rebote, defendeu com o pé o que seria o gol de Vázquez.

Agora o Real Madrid volta sua atenção totalmente à Liga dos Campeões, pois enfrenta o Paris Saint-Germain na próxima terça-feira, no Santiago Bernabéu, na briga pela liderança do Grupo A. No Espanhol, o time de Rafa Benítez volta a campo no dia 8 de novembro, contra o Sevilla, fora de casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.