Cesar Manso / AFP
Cesar Manso / AFP

Real Madrid bate o Valladolid e abre vantagem sobre o Barcelona

Vitória suada fora de casa deixa a equipe na liderança isolada do Campeonato Espanhol

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de janeiro de 2020 | 20h24

O Real Madrid foi o grande vencedor da 21ª rodada do Campeonato Espanhol. Jogando fora de casa, a equipe da capital bateu o Valladolid por 1 a 0 e abriu três pontos de vantagem sobre o Barcelona na ponta da tabela. O gol da vitória foi do zagueiro espanhol Nacho Fernández, improvisado na lateral direita, que garantiu o triunfo madrilenho somente na parte final do segundo tempo.

Com o resultado, o Real Madrid fica na liderança do torneio nacional com 46 pontos, contra 43 do rival Barcelona, que perdeu para o Valencia por 2 a 0 neste sábado, fora de casa. Já o Valladolid, que tem o ex-atacante brasileiro Ronaldo como dono, estaciona nos 22 pontos e fica na 16ª posição da tabela, a dois lugares e a cinco pontos da zona de rebaixamento, inaugurada pelo 18º Celta de Vigo.

Apesar do grande lucro obtido pelo Real Madrid na partida deste domingo, os comandados do técnico francês Zinédine Zidane tiveram que suar, já que os visitantes endureceram o jogo. Depois de um primeiro tempo sem gols, o placar só foi alterado na segunda metade da etapa complementar, aos 33. Foi quando Nacho recebeu cruzamento do meia alemão Toni Kroos para garantir o triunfo no estádio José Zorrilla.

O atacante Rodrygo e o volante Casemiro representaram o Brasil no time titular do Real Madrid. O volante chegou a fazer um gol de cabeça no primeiro tempo, mas o tento foi anulado por impedimento.

De todo modo, a equipe da capital conseguiu o terceiro triunfo consecutivo e chega embalada para o compromisso do próximo fim de semana, quando terá pela frente o rival Atlético de Madrid, no sábado, em casa, às 11h.

Na sexta posição da tabela, a Real Sociedad recebeu o Mallorca (17º) e venceu por 3 a 0, com gols de Alexander Isak, Fran Gámez (contra) e Portu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.