Juan Medina/Reuters
Juan Medina/Reuters

Real Madrid completa 11 anos como maior clube em arrecadação

Time espanhol está à frente de Barcelona e Manchester United

EFE

21 Janeiro 2016 | 10h57

O Real Madrid, pelo 11° ano seguido, foi o clube com maior arrecadação do mundo após uma análise publicada pela empresa de consultoria Deloitte, usada como base para o relatório Football Money League, que apontou que o clube espanhol teve renda de ingressos de 577 milhões de euros na temporada 2014/2015.

Esses números indicam um aumento de 28 milhões de euros com relação ao anterior exercício e confirmam o clube presidido por Florentino Pérez como o que o mais dinheiro atrai no mundo, à frente do Barcelona e Manchester United, que captaram 560,8 e 519,5 milhões de euros, respectivamente.

Segundo Dan Jones, diretor-executivo do Sports Business Group da Deloitte, "o Real Madrid mostrou um forte rendimento financeiro, impulsionado pelo crescimento de seus ingressos comerciais", que alcançaram 247,3 milhões de euros, informou o site do Real Madrid.

Isso representa um aumento de 10% com relação ao ano anterior, graças aos múltiplos acordos comerciais. Além disso, em capacidade, o Real Madrid ingressou 129,8 milhões de euros, 8% a mais que na temporada anterior, devido a um aumento da assistência às partidas e ao aumento dos ingressos da Área VIP. No capítulo de transmissão televisiva e da Liga dos Campeões, o clube alcançou a quantia de 199,9 milhões de euros, 2% a menos que na temporada anterior. 

A Deloitte afirma que os 20 clubes europeus com maior faturamento geraram ingressos superiores a 6,6 bilhões de euros, 8% a mais que no ano anterior. Neste grupo se encontram equipes dos cinco países com os campeonatos mais poderosos da Europa. Inglaterra é a que mais representantes tem (nove), seguida por Itália (quatro), Alemanha (três), Espanha (três) e França (um).

 

Confira o valor de arrecadação dos clubes:

1. Real Madrid: 577 milhões de euros (R$ 2,6 bilhões)

2. Barcelona: 560,8 milhões de euros (R$ 2,5 bilhões)

3. Manchester United: 519,5 milhões de euros (R$ 2,3 bilhões)

4. Paris Saint-Germain: 480,8 milhões de euros (R$ 2,1 bilhões)

5. Bayern de Munique: 474 milhões de euros (R$ 2,1 bilhões)

6. Manchester City: 463,5 milhões de euros (R$ 2 bilhões)

7. Arsenal: 435,5 milhões de euros (R$ 1,9 bilhão)

8. Chelsea: 420 milhões de euros (R$ 1,8 bilhão)

9. Liverpool: 391,8 milhões de euros (R$ 1,7 bilhão)

10. Juventus: 323,9 milhões de euros (R$ 1,4 bilhão)

11. Borussia Dortmund: 280,6 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão)

12. Tottenham: 257,5 milhões de euros (R$ 1,1 bilhão)

13. Schalke 04: 219,7 milhões de euros (R$ 983 milhões)

14. AC Milan: 199,1 milhões de euros (R$ 890 milhões)

15. Atlético de Madrid: 187,1 milhões de euros (R$ 837 milhões)

16. AS Roma: 180,4 milhões de euros (R$ 807 milhões)

17. Newcastle: 169,3 milhões de euros (R$ 760 milhões)

18. Everton: 165,1 milhões de euros (R$ 738 milhões)

19. Inter de Milão: 164,8 milhões de euros (R$ 734 milhões)

20. West Ham United: 160,9 milhões de euros (R$ 720 milhões)


Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.