Javier Solano/AFP
Javier Solano/AFP

Real Madrid confirma transferência do ídolo Casillas para o Porto

Goleiro ganhou 19 títulos no clube e agora busca novos ares 

Estadão Conteúdo

11 de julho de 2015 | 18h29

O Real Madrid confirmou de forma oficial, neste sábado, a saída de Iker Casillas. O goleiro, que defendeu o clube por 16 temporadas, acumulando 725 partidas disputadas e 19 títulos neste longo período, foi negociado junto ao Porto, de Portugal.

Ao oficializar a saída de um dos maiores ídolos de sua história, o Real adotou um tom de reverência e agradecimento ao jogador. "Para o Real Madrid hoje é um dia, antes de tudo e sobretudo, de agradecimento e reconhecimento. Não vai embora um dos melhores goleiros do nosso clube. Hoje deixa este time e inicia uma nova etapa futebolística o melhor goleiro da história do Real Madrid e da história do futebol espanhol", ressaltou o clube, ao iniciar o comunicado deste sábado.

Com a camisa do Real, Casillas ganhou três Liga dos Campeões, um Mundial de Clubes da Fifa, dois Mundiais Interclubes, duas Supercopas da Europa, cinco Campeonatos Espanhóis, duas Copas do Rei e quatro Supercopas da Espanha. Já com a camisa da seleção espanhola, ele foi bicampeão da Eurocopa e faturou a Copa do Mundo de 2010.

Com 34 anos de idade, Casillas passou a maior parte deles no Real, sendo que ele estreou no time profissional ainda muito jovem, em 1999, para depois de se firmar como capitão e líder. "Somos um clube de 113 anos e Casillas defendeu nossa camisa em 25 destes anos. Durante este tempo Iker conseguiu converter-se em uma de nossas grandes referências e ganhou o respeito, o afeto, a admiração e o carinho dos torcedores mais além de cores e sentimentos", ressaltou o clube, do qual o atleta fazia parte desde os seus nove anos de idade.

Os valores da transação não foram revelados pelas partes, mas a mídia europeia publicou nesta semana que o goleiro assinará um contrato para defender o Porto por duas temporadas e terá um salário de 10 milhões de euros por ano (cerca de R$ 35,5 milhões), sendo que este valor poderá chegar a 12,5 milhões de euros em um possível terceiro ano no clube, já previsto no acordo com o time português.

"Obrigado, Iker, por tudo que realizou. Obrigado por seu um símbolo do melhor de nossa história. Você vai embora, mas não se esqueça que tu pertencerá para sempre ao coração do Real Madrid", finalizou o comunicado do clube merengue.

Agora sem Casillas, o Real deverá contratar um novo goleiro de peso para a posição, embora tenha trazido após a última Copa do Mundo o arqueiro Keylor Navas, que se destacou na competição pela Costa Rica. O espanhol David de Gea, do Manchester United, aparece como favorito para ser herdeiro da posição de Casillas. Na última quinta-feira, inclusive, torcedores pediram pela contratação do jogador durante a apresentação oficial do lateral-direito brasileiro Danilo como reforço.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.