SUSANA VERA /REUTERS
SUSANA VERA /REUTERS

Real Madrid toca hino ao conquistar 35º título espanhol; Marcelo levanta taça e faz história

Equipe de Carlo Ancelotti despacha o Espanyol por 4 a 0, no Santiago Bernabéu, e garante taça do campeonato nacional

Redação, Estadão Conteúdo

30 de abril de 2022 | 13h37

O Real Madrid é o campeão espanhol da temporada 2021/2022, conquistando seu 35º título na história do torneio, o maior campeão nacional. O título foi confirmado com antecedência neste sábado com uma vitória por 4 a 0 sobre o Espanyol, com dois gols do brasileiro Rodrygo. O time de Carlo Ancelotti confirma o título na 34ª rodada, com quatro partidas de antecedência.

Com 25 vitórias, seis empates e apenas três derrotas, o Real Madrid chega a 81 pontos. O time chega também a cinco vitórias seguidas. O Espanyol é o 13º colocado, com 39 pontos. Após o título do Atlético de Madrid na última temporada, o Real volta a levantar o troféu após apenas um ano de seca. 

O lateral-esquerdo Marcelo marcou história com a camisa do Real Madrid. O brasileiro conquistou seu 24º título com a camisa do time espanhol, se tornando o jogador que mais conquistou títulos pelo Real Madrid em toda a história. Capitão no jogo deste sábado, Marcelo também é o primeiro jogador não espanhol a levantar o troféu de campeão espanhol pelo time de Madrid. Marcelo teve seu nome cantado pela torcida no Santiago Bernabéu algumas vezes durante o jogo. Os torcedores também celebraram o título fazendo a tradicional “ola”.

“Conseguimos ganhar o título com antecedência, estou muito feliz. Fruto de trabalho, alegria e sacrifício. Um monte de coisa que reuniram todos os jogadores para ganharmos antes. Esta é a maior alegria que um jogador pode ter, celebrar um título com sua torcida em casa. Hoje é dia de celebrar, mas sabemos que temos uma partida importante. Não tem problema celebrarmos hoje e seguirmos focados”, afirmou o lateral. 

Marcelo se referiu ao jogo da próxima quarta-feira contra o Manchester City, pela semifinal da Liga dos Campeões. O time espanhol perdeu na ida por 4 a 3, mas segue vivo na disputa pela vaga na decisão e jogará em casa na segunda partida. 

PARTIDA AGITADA E GOLEADA

O jogo começou já em clima de festa, após o astro do tênis Rafael Nadal dar o pontapé inicial. O jogo foi movimentado, com chegadas de perigo dos dois times. O goleiro do Espanyol fez grande defesa no começo da partida, mas Courtois também precisou trabalhar. O primeiro gol de Rodrygo saiu aos 33 minutos em uma tabelinha brasileira com Marcelo. O atacante recebeu de volta do lateral e finalizou tirando do goleiro para fazer 1 a 0. 

Iluminado, Rodrygo aproveitou dividida de Mariano para ficar com a bola, partir para cima e fazer mais um gol aos 43 minutos, se sagrando como grande destaque do primeiro tempo. Rodrygo ainda deu passe para uma finalização de perigo feita por Marcelo, que foi para fora. 

No começo do segundo tempo, Mariano desviou mal uma cobrança de falta e quase marcou gol contra. Mas a situação ficaria ainda mais tranquila para o Real Madrid aos 10 minutos. Após rápida roubada de bola, Camavinga partiu para o ataque e puxou o contra-ataque. O jovem francês serviu Asensio, que tocou de cavadinha por cima do goleiro Diego López e fez 3 a 0 para o Real Madrid. 

Aleix Vidal mostrou que o Espanyol ainda iria buscar o ataque, mesmo com a desvantagem. O lateral encheu o pé e obrigou Courtois a fazer boa defesa. Após bela assistência de Isco, Lucas Vázquez finalizou cruzado e quase fez o quarto gol do Real Madrid. Na jogada seguinte, o meio-campista chegou a marcar gol, mas o gol foi anulado porque Rodrygo, em posição irregular, estava na frente do goleiro na hora da finalização. 

A dupla Vinícius Júnior e Benzema ainda arrumou tempo para brilhar neste sábado. Após grande jogada pelo lado esquerdo do campo, Vinícius cruzou para o artilheiro francês finalizar e marcar o quarto gol do Real Madrid no jogo, aos 36 minutos. Benzema chegou a 42 gols na temporada pelo Real Madrid. 

OUTRO JOGO DA RODADA

Também na manhã deste sábado, o Villarreal perdeu por 2 a 1 para o Deportivo Alavés. Semifinalista da Liga dos Campeões, o time de Unai Emery segue oscilando no Campeonato Espanhol. O Villarreal é o sétimo colocado, com 52 pontos, enquanto o Alavés é o 19º, com 28 pontos e luta contra o rebaixamento. O time de Unai Emery tentará reverter a derrota por 2 a 0 para o Liverpool na próxima partida.

Após jogada de escanteio logo aos 4 minutos, o Villarreal ficou perdido e Laguardia apareceu sozinho para marcar. A defesa do Villarreal voltou a vacilar aos 31 minutos e foi a vez de Escalante marcar e ampliar o placar. No comecinho do segundo tempo, Chukwueze descontou para o time visitante, após falha do goleiro adversário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.