Matthew Childs/Reuters
Matthew Childs/Reuters

Real Madrid contrata Alaba por quatro temporadas, diz jornal

Paris Saint-Germain, Chelsea, Liverpool e Manchester City também tinham interesse no jogador austríaco

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2021 | 08h57

O Real Madrid chegou a um acordo com o austríaco David Alaba, zagueiro do Bayern de Munique, para a próxima temporada, publicou nesta terça-feira o jornal desportivo espanhol Marca. Segundo o diário, o jogador acertou um contrato de quatro anos com salário anual de 11 milhões de euros (R$70 milhões).

Depois de 13 anos defendendo o Bayern, o zagueiro não chegou a um acordo para renovar o seu contrato com o clube. As negociações foram encerradas com a retirada da oferta do Bayern, que não quis aceitar as exigências do jogador. Além do Real Madrid, outros clubes se interessaram em Alaba, entre eles Paris Saint-Germain, Chelsea, Liverpool e Manchester City.

As conversas sobre a renovação do contrato com o Bayern começaram há vários meses. As negociações foram colocadas sob os holofotes em setembro, quando o presidente honorário do Bayern, Uli Hoeness, ficou insatisfeito com a postura do empresário de Alaba, Pini Zahavi, e o xingou em entrevista na televisão. 

O pai de Alaba nega qualquer acordo entre o jogador e o Real Madrid. “Não posso confirmar a informação que vem da Espanha. Não há nada fixo e nada assinado”, disse George Alaba, ao jornal alemão Bild. “Existem outros clubes interessados. Em qualquer caso, neste momento, David está focado em dar o seu melhor ao Bayern", acrescentou.

Alaba, que atua como zagueiro, lateral-esquerdo e também já jogou no meio de campo, está no Bayern de Munique desde 2008. O austríaco foi promovido à equipe principal em 2010 e, no total, disputou 394 partidas pelo time bávaro. Ele também teve uma passagem curta pelo Hoffenheim na temporada 2010/2011. Alaba ganhou nove títulos nacionais e foi campeão da Liga dos Campeões duas vezes, em 2013 e 2020.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.