Vincent West/Reuters
Vincent West/Reuters

Real Madrid derrota o Alavés fora e assume a liderança provisória do Espanhol

Comandados de Zidane chegam aos 31 pontos, com três a mais que o Barcelona

Redação, Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2019 | 11h14

Com dois gols de jogadores de defesa, o Real Madrid derrotou o Alavés por 2 a 1 neste sábado, fora de casa, no Estádio Mendizorroza, ultrapassou seu arquirrival Barcelona e assumiu provisoriamente a liderança do Campeonato Espanhol.

O Real Madrid tem, agora, 31 pontos, três a mais que o Barcelona, o vice-líder. A posição na ponta da tabela ainda não é definitiva porque o time catalão joga neste domingo contra o Atlético de Madrid, no encerramento da 15ª rodada, e retomará o posto caso vença a partida.

Bale foi a maior novidade na escalação do time titular depois de toda a polêmica envolvendo os amistosos com País de Gales. Ele teve atuação discreta e foi substituído por Rodrygo no segundo tempo.

O atacante foi alvo de muitas críticas da mídia espanhola ao comemorar no gramado a vaga de País de Gales na Eurocopa de 2020, no dia 19 deste mês, em Cardiff, enquanto alguns companheiros da equipe nacional seguravam logo à frente dele uma bandeira que continha o seu nome e trazia a palavra Madrid destacada como terceira prioridade para ele, atrás da seleção galesa e do golfe, esporte que é admirado pelo jogador.

A partida foi decidida com dois gols de jogadores de defesa. Após cobrança de falta do alemão Kroos, o capitão Sergio Ramos apareceu livre no meio da zaga para cabecear no canto direito e abrir o placar no início do segundo tempo.

O Alavés fez jogo duro e, em alguns momentos, foi superior. Conseguiu equilibrar o jogo depois de levar o primeiro gol e empatou a partida aos 19 minutos, de pênalti, cometido por Sergio Ramos em Joselu, e bem cobrado por Lucas Pérez, que deslocou Areola.

O Brasileiro Rodrygo entrou na vaga de Bale na metade da etapa final e iniciou a jogada do gol que decretou o triunfo do Real. Ele abriu na direita para o croata Modric, que cruzou em direção a Isco na segunda trave. O espanhol cabeceou para a defesa de Pacheco e a bola sobrou limpa para o lateral Carvajal empurrar para as redes.

Éder Militão na zaga, Marcelo na lateral esquerda e Casemiro como volante foram titulares no time de Zidane. Vinicius Junior permaneceu entre os reservas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.