Real Madrid desistiu de Cristiano Ronaldo, afirma presidente

Ramon Calderón não quer entrar em nova polêmica com o Manchester United pela contratação do português

AE-AP, Agencia Estado

24 de outubro de 2008 | 15h20

O presidente do Real Madrid, Ramon Calderón, afirmou nesta sexta-feira que o clube desistiu de tentar a contratação de Cristiano Ronaldo. No início da temporada européia, os espanhóis insistiram na tentativa de tirar o português do Manchester United.   Veja também: C. Ronaldo se diz confiante de ser o melhor do mundo em 2008 "É algo que esquecemos, não apenas para janeiro [durante a janela de transferências], mas acho que para sempre", disse o dirigente. "Só vamos falar disso novamente se o Manchester decidir vendê-lo, mas por enquanto essa questão está encerrada. Já falamos sobre isso na última temporada."A insistência do Real Madrid para ter Cristiano Ronaldo foi tanta que o Manchester denunciou os espanhóis à Fifa, alegando que o clube assediava um jogador que estava sob contrato. Na época, o jogador chegou a falar que gostaria de defender o clube madrilenho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.