Real Madrid e Arsenal são eliminados

Deu zebra na Liga dos Campeões da Europa. Apontados como favoritos ao título, ao lado do Milan, Arsenal e Real Madrid foram eliminados nesta terça-feira. Assim, uma das semifinais da competição terá o francês Monaco e o inglês Chelsea.O Real tinha a missão mais fácil, depois de ter derrotado o rival por 4 a 2 na partida de ida, em Madri. Mas, jogando em casa, o Monaco ganhou por 3 a 1 nesta terça-feira e se classificou por ter feito mais gols fora de casa.No clássico inglês, o primeiro confronto tinha ficado no 1 a 1. Nesta terça-feira, o mando era do Arsenal, que chegou a fazer 1 a 0, mas o Chelsea virou para 2 a 1 e ficou com a vaga.Decepção - O Real entrou em campo, no estádio Louis II, tranqüilo, por conta da vantagem no duelo anterior. Sem aceitar a correria do Monaco, tratou de tocar a bola, suportou pressão e aos 36 minutos do primeiro tempo tornou a diferença quase intransponível, com o gol de Raúl, em jogada que teve participação de Ronaldo e Zidane. O Monaco só se salvaria se fizesse três gols. E conseguiu, em uma noite histórica. Aos 46 minutos, Giuly empatou, com chute cruzado, de fora da área. A virada veio aos 3 da etapa final, com Morientes, vinculado ao Real, mas emprestado até o meio do ano. A festa ficou completa com outro gol de Giuly, aos 11 minutos. O Real entrou em parafuso e, pelo menos desta vez, não foi suficiente o talento de Roberto Carlos, Ronaldo, Figo, Raúl e Zidane. Todos ficaram muito aquém do que se esperava e não incomodaram o goleiro Roma. O Monaco, ao contrário, teve outras duas oportunidades para golear ? Nonda e Adebayor mandaram bolas na trave.?É um momento único e temos de aproveitá-lo?, afirmou Morientes, que em julho volta a Madri. O Real, que já havia perdido a Copa do Rei da Espanha, amarga prejuízo de US$ 3 milhões e tem só o campeonato doméstico como consolo.Clássico inglês - Decepção semelhante em Londres, no duelo em que o Arsenal era favorito contra o Chelsea. Reyes aos 45 deixou os donos da casa em vantagem, mas Lampard aos 7 do segundo e Bridge aos 42 comandaram a virada.A outra semifinal será definida nesta quarta-feira, quando o Milan enfrenta o Deportivo La Coruña na Espanha (4 a 1 para os italianos na ida) e, na França, o Lyon recebe o Porto (2 a 0 para os portugueses).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.