Sergio Perez/Reuters
Sergio Perez/Reuters

Real Madrid e City buscam se aproximar das oitavas da Liga dos Campeões

Menos badalado, o Besiktas é outro time com 100% de aproveitamento na competição

EFE

17 Outubro 2017 | 11h00

Real Madrid e Manchester City entrarão em campo nesta terça-feira, para atuar na condição de mandante, contra Tottenham e Napoli, respectivamente, ambos de olho em conquistar a terceira vitória e ficar muito próximo da classificação às oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

+ Compatriota vê Morata injustiçado no Real: 'Se fosse brasileiro, seria diferente'

+ Campeão mundial de surfe visita o Real Madrid e tieta Marcelo e CR7

No estádio Santiago Bernabéu, os dois líderes do grupo H se enfrentarão. Ambos venceram os dois compromissos que disputaram até o momento, além de terem marcado o mesmo número de gols, seis, e terem o mesmo saldo, cinco.

Na competição, no entanto, o primeiro critério de desempate é o confronto direto, incluindo saldo nos dois jogos, gols marcados, número de vezes em que a rede é balançada na condição de visitante, e assim por diante.

Como anfitrião, o Real Madrid defende uma invencibilidade de 13 partidas na Liga dos Campeões. Neste período, foram 12 vitórias e um empate, fundamentais na conquistas das duas últimas edições da competição.

No Campeonato Espanhol, no entanto, o time comandado pelo francês Zinedine Zidane, só venceu uma de quatro partidas disputadas no estádio Santiago Bernabéu. Além disso, foram dois empates e uma derrota na disputa doméstica, onde ocupa o terceiro lugar.

Para o jogo desta terça-feira, a principal novidade no Real deverá ser o retorno do goleiro costarriquenho Keylor Navas, recuperado de problema muscular. O meia-atacante galês Gareth Bale, no entanto, seguirá fora, devido lesão na panturrilha esquerda.

O Tottenham, por sua vez, vai a Madri com os desfalques do lateral-esquerdo inglês Danny Rose, o volante queniano Victor Wanyama e o meia argentino Erik Lamela, todos lesionados. Além disso, o meia inglês Dele Alli, um dos destaques do elenco, ficará fora por estar suspenso.

Em outro jogo pelo grupo H, o Borussia Dortmund visitará o APOEL Nicosia com a obrigação de vencer, para seguir sonhando com a classificação. Os dois times foram derrotados nas duas vezes que entraram em campo na competição até aqui.

O Manchester City é outro time que está 100% e vai tentar estender a condição por mais uma rodada. A única diferença, com relação ao Real Madrid, é que os comandados pelo espanhol Pep Guardiola são os únicos do grupo F que tem seis pontos.

Os ingleses chegam para o jogo com o Napoli, no Etihad Stadium, após ter goleado o Stoke City por 7 a 2, também em casa, pelo Campeonato Inglês. Além disso, o time já passou por Liverpool e Crystal Palace por 5 a 0, pelo Watford por 6 a 0, isso, em apenas oito rodadas da competição nacional, em que é líder.

O Napoli, que estreou com derrota para o Shakhtar Donetsk, e se reabilitou na segunda rodada, passando pelo Feyenoord. A ideia, agora, é levar a boa fase do Campeonato Italiano, em que se manteve na ponta isolada ao passar pela Roma por 1 a 0, no sábado.

Também pelo grupo F, na Holanda, o time de Roterdã buscará marcar os primeiros pontos na competição, contra a equipe de Fred, Taison, Bernard, entre outros, que tem três pontos e pode até entrar na zona de classificação, se vencer.

Bem menos badalado que Real Madrid e Manchester City, o Besiktas é outro concorrente com 100% de aproveitamento, dessa vez no grupo G. A equipe, líder isolada com seis pontos, visitará nesta terça-feira o Monaco, semifinalista da última edição, que só marcou um ponto até o momento.

Em outra partida pela chave, o RB Leipzig, que, assim como a equipe do Principado, marcou até o momento no empate que protagonizaram, jogará dentro de seus domínios com o Porto, vice-líder, com três pontos.

No grupo E, em que nenhum time conseguiu sair vencedor de duas partidas, o líder Sevilla, que tem quatro pontos, visitará nesta terça-feira o Spartak Moscou, terceiro, com dois. O Liverpool, vice-líder, também com dois pontos, jogará fora de seus domínios com o Maribor, lanterna, com um.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.