FRANCK FIFE / AFP
FRANCK FIFE / AFP
Imagem Robson Morelli
Colunista
Robson Morelli
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Real Madrid e Liverpool nos encantam porque jogam futebol bem jogado, simples e eficiente

Há muito mais que somente investimento nesses dois times: há respeito ao esporte; eles fazem a final da Liga dos Campeões neste sábado, em Paris, a partir das 16h

Robson Morelli, O Estado de S.Paulo

27 de maio de 2022 | 10h45

O que faz de Real Madrid e Liverpool dois times admirados no Brasil e no mundo? A pergunta é simples, mas tem diversas explicações, desde a qualidade de seus jogadores, a competência de seus treinadores, a forma de jogar e se impor, a festa da torcida, os estádios bem arrumados e até as transmissões de suas partidas na TV e streaming. Para simplificar, fico então com todas essas respostas numa só. O que encanta no Real Madrid e Liverpool é o futebol.

Os dois times fazem neste sábado a final da Liga dos Campeões, em Paris, a partir das 16h. Ambos chegam credenciados para ficar com a taça e qualquer um que a levante, não haverá reclamações ou discordâncias. A "orelhuda" estará em boas mãos. Se ela for para a Espanha, será a 14ª da história do time de Madri. Nenhum outro tem tantas conquistas. Se ela for para a Inglaterra, para a cidade dos Beatles, será sua sétima.

O Real Madrid superou rivais de peso nas fases derradeiras da competição, fazendo frente a oponentes mais bem credenciados do que ele, como PSG, de Neymar, Messi e Mbappé, e Manchester City, de Pep Guardiola e De Bruyne, além do Chelsea, atual campeão. Foi se ajeitando na competição e passando por seus adversários. Da mesma forma, o Liverpool foi pulverizando seus oponentes sem perder o foco no Campeonato Inglês, ficando em segundo lugar.

O futebol praticado por esses dois gigantes nos enche de esperança e alegria, de modo a pensar que um dia o Brasil poderá voltar a ter partidas e disputas mais bem jogadas e organizadas. É possível. O torcedor é atraído por cada um desses aspectos citados dentro da Liga dos Campeões e também das equipes europeias. Sim, lá tem muito dinheiro e é onde os melhores jogadores do planeta vão na primeira oportunidade. Mas não pode ser somente isso. Nem é. Há muito mais do que um bando de jogadores caros e técnicos. Há ideias de jogo. Há menos partidas. Há mais gestão. Há bons atletas e atletas medianos. Há menos reclamação. Há jogadores em pé e menos caídos. Há treinadores que buscam o limite. Há elenco e não apenas 11. Há jogo coletivo e jogo individual. Há mais respeito com o público. Há mais envolvimento. Há menos desgaste...

Mesmo os jogadores brasileiros que se propõem a vencer na Europa, eles entram numa rotina que não tinham ou desconheciam no Brasil. Aprendem e amadurecem como atletas. Enriquecem como pessoa. São orientados sem que percam suas essências. Basta olhar para Vinícius Jr, ex-Flamengo, para ver o quanto ele cresceu esportivamente no Real Madrid. O mesmo se pode falar de Rodrygo, ex-Santos. E tantos outros. Basta colocar na cabeça que conseguem.

A Liga dos Campeões é tão importante quanto dos campeonatos nacionais de cada país da Europa. Recentemente, o treinador Pep Guardiola disse que é mais difícil ganhar o torneio na Inglaterra do que na Europa. Ele foi campeão inglês com o City nesta temporada, mas desde os tempos de Bayern de Munique não ganha a Liga dos Campeões.

Real Madrid e Liverpool apresentam muitas dessas características que nos fazem gostar de futebol, daquele bem jogado, sem mimimi, sem colocar a responsabilidade de tudo na arbitragem ou no VAR, sem cai-cai. Farão um jogo jogado, de qualidade, de cautela, de atenção como mostraram na temporada que chega ao fim no Velho Continente. O resultado importa muito, claro, mas esses dois times já merecem todo o nosso respeito.

ESPECIAL

O Estadão fez um especial multimídia bem bacana sobre essa final. Vale a pena conferir!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.