Real Madrid empata com Betis e é eliminado da Copa do Rei

O técnico do Real Madrid, Fabio Capello, apostou em um time misto na partida contra o Bétis pelas oitavas-de-final da Copa do Rei e se deu mal. O time merengue empatou, nesta quinta-feira, por 1 a 1 e foi desclassificado da competição, pois o jogo de ida terminou em um empate sem gols.Jogando no Santiago Bernabéu, o Real começou bem a partida, tanto que Robinho abriu o placar logo aos quatro minutos. O atacante brasileiro acertou uma bomba na meta do goleiro Tony Doblas, que não teve tempo de reação.Após o gol, o jovem atacante Higuaín, recém contratado do River Plate, perdeu algumas boas chances e os donos da casa dominavam o confronto. Destaque para Robinho, que infernizou o defesa do Betis.Aliás, até os 38 minutos da primeira etapa, o time visitante só havia assustado uma vez, aos oito com um chute forte de fora da área de Dani, que o jovem arqueiro Diego López - que substituiu muito bem o titular Casillas - espalmou para escanteio.Porém, o mesmo Dani, aos 38, empatou o confronto em uma jogada que não parecia tão perigosa. Isidoro fez um longo lançamento da direita, Maldonado, já quase fora do campo, escorou de cabeça para Dani, que também de cabeça empurrou para o fundo das redes de López. Aos 40, Higuaín chegou a marcar o segundo do Real, mas o gol foi bem anulado pelo árbitro. O atacante argentino estava impedido. No segundo tempo o Real Madrid seguiu pressionando, e quem se destacou, surpreendentemente, foi o zagueiro Sergio Ramos, que obrigou o goleiro Doblas a fazer pelo menos duas belíssimas defesas.Aos 43 minutos, seu companheiro de defesa, Helguera, marcou de cabeça, porém, mais uma vez o gol foi anulado por impedimento.Já nos descontos, Ramos chegou a quase marcar um golaço de bicicleta, que passou raspando no travessão do gol do Bétis. Mas no final o desespero do time da casa não deu em nada e a partida terminou no empate que eliminou o Real Copa do Rei. Parece que a crise da equipe merengue ainda terá novos capítulos.A Copa do Rei era uma das três chances do Real nesta temporada para quebrar uma série de três anos seguidos sem títulos - a última conquista foi o Campeonato Espanhol de 2003. O time ainda está vivo na Liga dos Campeões, em cujas oitavas-de-final pegará o Bayern de Munique, e persegue o Sevilla no Espanhol - tem 35 pontos, mesmo número do Barcelona e dois a menos que o rival.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.