Victor Lerena / EFE
Victor Lerena / EFE

Real Madrid garante foco no futebol antes de jogo na Catalunha

Clube da capital visita o Girona neste fim de semana; dirigente do mandante garante boa recepção

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2017 | 12h02

O Real Madrid está tentando manter o foco no futebol à medida que vai viajar para a Catalunha, onde jogará uma partida do Campeonato Espanhol neste fim de semana. O clube enfrentará Girona no domingo em meio a tensões na região, que busca a independência da Espanha.

+ Com reservas, Real Madrid estreia com vitória na Copa do Rei

+ Cristiano Ronaldo vence pela 5ª vez troféu de melhor do mundo

A crise política pode atingir seu clímax neste fim de semana, com o governo espanhol planejando assumir o controle da região, enquanto o Parlamento da Catalunha aprovou a independência nesta sexta-feira. Nesse cenário, o Real Madrid jogará na Catalunha pela primeira vez desde que a crise aumentou.

O Real Madrid, visto como o clube do establishment na Espanha, deve adotar precauções, como não utilizar o ônibus oficial da equipe, mas tenta se distanciar da turbulência política. "Nós vamos jogar nosso jogo sem pensar em mais nada", disse o técnico Zinedine Zidane. "Não vou pedir nada aos torcedores. Estamos pensando no jogo. Esperamos que seja uma boa partida e nada mais do que isso".

O treinador do Real Madrid assegurou que os jogadores do clube não estão preocupados com a segurança em Girona. "Nós não estamos preocupados com a Catalunha porque a segurança será como sempre é", afirmou Zidane.

A imprensa espanhola afirma que existe a possibilidade de que o jogo seja adiado devido à situação na Catalunha, mas o Real Madrid manteve o seu planejamento. E o Girona também assegurou que a partida será disputa sem incidentes.

"É uma partida de futebol e estamos convencidos de que nada vai acontecer", disse o presidente da Girona, Delfi Geli, à rádio COPE. "O Real Madrid vai ser bem-vindo e respeitado. É uma partida histórica para nós. É a primeira vez que o Real Madrid estará jogando no nosso estádio pela liga".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.