Real Madrid garante permanência de Schuster mesmo sem título

Presidente Ramón Calderón destaca trabalho do treinador alemão e diz confiar no potencial equipe

REUTERS

27 de março de 2008 | 12h02

O técnico Bernd Schuster disse nesta quinta-feira que recebeu garantias do presidente do Real Madrid, Ramón Calderón, de que continuará à frente da equipe mesmo que não conquiste o título espanhol desta temporada. "Pouco tempo atrás Ramón Calderón me disse que mesmo se não conquistássemos a liga, eu continuarei como técnico do Real Madrid, porque esse é um projeto e estamos montando uma equipe", disse Schuster à rádio Marca. "Ainda precisamos completar a segunda fase da formação da equipe, e estou convencido que nós vamos fazer isso com o título espanhol nos braços. Eu tenho a confiança total do meu presidente, e não preciso de mais nada." A imprensa espanhola noticiou que a situação de Schuster estaria em risco, caso o Real não conquistasse o título espanhol da temporada. A equipe lidera o campeonato à frente do Barcelona, mas uma recente queda de forma reduziu a vantagem de oito para quatro pontos. A equipe perdeu cinco dos oito últimos jogos, e as decisões táticas de Schuster foram alvo de críticas na imprensa. O italiano Fabio Capello foi demitido ao final da temporada passada apesar de ter levado o Real ao título após quatro anos sem conquistas.

Tudo o que sabemos sobre:
Real Madrid

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.