Jorge Zapata/EFE
Jorge Zapata/EFE

Real Madrid oficializa contratação do jovem meia Isco

Jogador assinou contrato para defender a equipe madrilenha pelas próximas cinco temporadas

AE, Agência Estado

27 de junho de 2013 | 09h01

MADRID - O Real Madrid anunciou de forma oficial, nesta quinta-feira, a contratação do meia Francisco "Isco" Alarcón, do Málaga, que acaba de se sagrar campeão do Europeu Sub-21 pela Espanha. Considerado uma grande revelação do futebol espanhol, o jogador assinou contrato para defender a equipe madrilenha pelas próximas cinco temporadas.

Ao oficializar a contratação do meio-campista de 21 anos, o Real destacou que "incorpora ao seu novo projeto um dos melhores jogadores do futebol espanhol". Isco já atuou pela seleção principal da Espanha, em amistoso contra o Uruguai, em fevereiro, e marcou três gols na campanha vitoriosa do seu país neste último Europeu Sub-21, encerrado neste mês, em Israel.

Ao falar sobre o seu novo reforço, o Real o descreveu como um jogador de "qualidade técnica invejável, ousadia e imaginação". Com a camisa do Málaga, Isco se destacou na última temporada europeia, na qual marcou três gols na última Copa dos Campeões e ajudou o time a chegar às quartas de final da competição. Já no Campeonato Espanhol, ele balançou as redes nove vezes naquela que foi a melhor temporada da história do clube.

Antes disso, Isco atuou pelo Valencia, pelo qual estreou profissionalmente em 2010, antes de se transferir no ano seguinte para o Málaga. E a jovem promessa espanhola já chegará ao Real com a confiança do novo técnico do time, Carlo Ancelotti, cuja contratação foi oficializada na última terça pelo clube. "Isco é muito bom. A seleção sub-21 da Espanha tem fantásticos jogadores e ele é o que tem mais qualidade de todos eles. Isco pode jogar por qualquer clube", ressaltou o comandante italiano.

Isco é o segundo reforço anunciado pelo Real para a esta temporada. O outro foi o lateral-direito Daniel Carvajal, também de 21 anos, que vinha atuando pelo Bayer Leverkusen e retornou ao clube onde foi formado durante nove temporadas, antes de se transferir para a equipe alemã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.