Juan Carlos Cárdenas/EFE
Juan Carlos Cárdenas/EFE

Real Madrid perde para o Valencia e sofre 1º revés na volta de Zidane

Merengues não fazem bom jogo e são derrotados por 2 a 1, fora de casa

Redação, Estadão Conteúdo

03 de abril de 2019 | 19h06

Depois de três vitórias seguidas no Campeonato Espanhol, o Real Madrid foi derrotado por 2 a 1 nesta quarta-feira pelo Valencia, na casa do rival, o estádio Mestalla. Pouco inspirado, o time madrilenho jogou mal, foi dominado em boa parte do jogo e sofreu o primeiro revés desde que o técnico Zinedine Zidane retornou ao clube.

Já a equipe valenciana, invicta há 11 jogos, roubou a quinta posição do Alavés e foi aos 46 pontos, apenas um a menos que o Getafe, que fecha o grupo dos quatro melhores colocados que garantem vaga na Liga dos Campeões.

Em um das suas piores temporadas em termo de desempenho e resultados, o Real Madrid sofreu sua 15ª derrota neste ciclo 2018/2019 do futebol europeu. Em caso de novo revés, o atual campeão continental igualará o desempenho das temporadas de 2001/2002 e 2008/2009, as piores do clube neste século. A equipe madrilenha, eliminada da Liga dos Campeões, não tem mais muitas ambições. É a terceira colocada e parou nos 57 pontos, agora mais distante do vice-líder Atlético de Madrid, que venceu na rodada e soma 62. Assim, Zidane já pensa na montagem do elenco para a próxima temporada.

O primeiro tempo ruim das duas equipes em Valência foi salvo com um belo gol de Gonçalo Guedes. Aos 34 minutos, o português tabelou com Soler e, da entrada da área, acertou bonito chute no canto direito de Navas. Os donos da casas passaram a ter o domínio no jogo e criaram chances para ampliar o placar no final da primeira etapa.

No segundo tempo, o Real teve uma pequena melhora, mas não o suficiente para sequer chegar perto de empatar a partida. O zagueiro argentino Garay, aos 37 minutos, fez de cabeça o segundo gol e deixou a vitória do Valencia encaminhada.

Após sofrer o segundo gol, o time madrilenho acordou tarde e diminuiu com Benzema, um dos poucos que se salvaram na atuação apática. O francês marcou em cabeceio na pequena área após cobrança de escanteio. Um minuto antes, o juiz fez uso da arbitragem de vídeo (VAR) para anular pênalti sobre Sergio Ramos, do Real, que havia sido inicialmente assinalado.

Nos outros jogos da rodada nesta quarta-feira, o Athletic Bilbao (oitavo colocado, com 43 pontos) venceu o Levante (15º, com 32) por 3 a 2, o Eibar (décimo, com 39) bateu o Rayo Vallecano (19º, com 24) por 2 a 1 e Huesca (último colocado, com 23) e Celta (18º, com 29) empataram por 3 a 3.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.