Hannah McKay/Reuters
Hannah McKay/Reuters

Real Madrid precisa de acordo com a Federação Belga para assinar com Martínez

Treinador é um dos nomes especulados para substituir Julen Lopetegui

EFE

30 Outubro 2018 | 08h05

O Real Madrid terá que chegar a um acordo com a Federação Belga de Futebol, se quiser contar com o espanhol Roberto Martínez, atual treinador da seleção que lidera o ranking da Fifa, que tem contrato até 2020.

Esta informação foi passada nesta terça-feira à Agência Efe por um porta-voz da Federação, que evitou fazer comentários sobre as cláusulas que pudessem liberar Martínez antecipadamente de seus compromissos contratuais. O treinador conquistou com a Bélgica o terceiro lugar na Copa do Mundo da Rússia, seu melhor resultado na história.

"Não fazemos comentários sobre os contratos que a Federação tenha com seus colaboradores e consideramos como um assunto privado. Se um clube quisesse contratar o senhor Martínez, deveria primeiro chegar a um acordo com a Federação Belga de Futebol", declarou o porta-voz Stefan Van Loock.

Martínez, de 45 anos, é um dos nomes que aparecem como possível sucessor de Julen Lopetegui no comando do Real Madrid, demitido após a goleada de 5 a 1 sofrida para o Barcelona, no dia anterior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.