Real Madrid vence de virada e é campeão espanhol

Vitória por 3 a 1 sobre o Mallorca garante o empate por pontos com o rival Barcelona, mas uma vitória e um empate no clássico confirmam a conquista

Agencia Estado

18 de junho de 2007 | 11h59

O Real Madrid é o campeão espanhol da temporada 2006/07. A vitória por 3 a 1 sobre o Mallorca, que garantiu a taça neste domingo, no Estádio Santiago Bernabéu, foi de virada, num sofrimento que só acabou após 80 minutos de partida, quando Diarra marcou de cabeça o segundo gol da partida, de cabeça. Os outros dois foram de Reyes, o grande destaque da partida.Esta conquista é um grande trunfo do técnico italiano Fabio Capello, que dá a volta por cima em seis meses. Muito criticado pela torcida por uma série de resultados negativos quando o time tinha, principalmente, o brasileiro Ronaldo e outros galácticos, ele promoveu e bancou mudanças - voltando atrás em decisões que julgou errado - que se mostraram fundamentais para a conquista do título, encerrando um jejum que vinha desde a temporada 2002/03.Recordista de títulos na competição, o Real Madrid levanta a taça de campeão pela 30.ª vez em sua história. Para coroar a conquista do time merengue, o atacante holandês Ruud termina o campeonato como artilheiro, anotando 25 gols.Do grupo de jogadores campeões, são cinco brasileiros: Robinho, Cicinho, Roberto Carlos, Emerson e Marcelo. Ronaldo, como saiu no meio da temporada (começo do ano, quando foi para o Milan), também pode dizer que é campeão. Na classificação, o Real termina com 76 pontos, o mesmo que o arquirival Barcelona, mas com a vantagem no confronto direto (uma vitória e um empate).A vitória no jogo deste domingo teve contexto dramático porque o primeiro gol da partida foi do Mallorca, marcado por Fernando Varela, no primeiro tempo. E o Barcelona já vencia o Gimnàstic. O empate de Reyes foi só no segundo tempo, aproveitando um cruzamento rasteiro. Após o gol da virada de Diarra, Reyes novamente marcou, num belo chute de fora da área.Do outro lado, fica o gosto amargo na boca dos torcedores do Barcelona. O time goleou o Gimnàstic por 5 a 1, com Ronaldinho marcando o terceiro gol, de falta, mas de nada adiantou. O time é vice-campeão e garante, de consolo, a vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.