Gabriel Bouys / AFP
Gabriel Bouys / AFP

Real mantém liderança da Uefa pelo 5º ano seguido; Atlético de Madrid é o 2º

Bayern de Munique completa o 'pódio', enquanto Barcelona vem apenas na quarta colocação

Estadão Conteúdo

29 de maio de 2018 | 10h42

O Real Madrid manteve a liderança do ranking da Uefa pela quinta temporada consecutiva após assegurar o título da Liga dos Campeões. Na lista divulgada pela entidade europeia nesta terça-feira, a principal novidade foi a presença do Atlético de Madrid, campeão da Liga Europa, na segunda colocação.

+ Uefa descarta punição a Sergio Ramos por cotovelada no goleiro Karius

+ Seleção brasileira tem 4 jogadores no elenco ideal da Liga dos Campeões

O time do técnico Simeone saltou duas posições em relação à temporada passada. Em terceiro aparece o Bayern de Munique, que garantiu com facilidade o hexa consecutivo do Campeonato Alemão, e em quarto lugar, o Barcelona, atual campeão espanhol.

A Juventus, que alcançou o hexa do Italiano, está em quinto e o Sevilla vem logo atrás, em sexto. O Paris Saint-Germain, hepta francês, é o sétimo. O Manchester City, que levantou a taça do Inglês, é o oitavo, à frente do Arsenal e do Borussia Dortmund.

Segundo a Uefa, pela primeira vez na história duas equipes da mesma cidade ocupam as primeiras colocações do ranking. O bom momento desses clubes permitiu que a Espanha mantivesse a ponta pelo sexto ano consecutivo entre as federações. A Inglaterra aparece em segundo, à frente de Itália, Alemanha e França.

O ranking das federações é a maneira como a Uefa define o número de vagas que cada campeonato terá para as competições europeias. Com essa classificação, a temporada 2019/2020 da Liga dos Campeões seguirá da mesma maneira que a anterior.

O Campeonato Espanhol, o Inglês, o Italiano e o Alemão oferecerão quatro vagas. O Francês e o Russo duas. O Português, o Ucraniano, o Belga e o Turco, apenas uma. O vencedor da Liga Europa também assegura um lugar na Liga dos Campeões.

Caso o campeão desse torneio também tenha garantido um lugar pela competição nacional, uma terceira vaga será aberta para a federação que está em quinto lugar do ranking - no caso, a da França. Foi o que aconteceu neste ano com o título do Atlético de Madrid. O Lyon, que terminou em terceiro no Francês, garantiu um lugar na Liga dos Campeões.

Outra curiosidade, o campeão da Liga dos Campeões também tem vaga garantida para a temporada seguinte. Como o Real Madrid já havia garantido um lugar na competição por causa do terceiro lugar no Campeonato Espanhol, abre uma nova vaga para o país que ocupa o 11º lugar do ranking. Nesta temporada, quem foi beneficiado foi a República Checa. No entanto, no próximo ano, quem pode se dar bem é a Áustria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.