Real pode pagar US$ 50 mi por Robinho

Diante do novo impasse na novela envolvendo a contratação de Robinho, o Real Madrid já pensa em depositar na segunda-feira os US$ 50 milhões da multa pelo rompimento unilateral do contrato com o Santos. Depois disso, numa segunda etapa, o jogador entraria na Justiça para reivindicar sua parte no negócio - os 40% de seus direitos, ou seja, US$ 20 milhões.Essa informação foi dada por uma pessoa que está em contato diário com o jogador. De acordo com a fonte, na noite de quinta-feira, Ronaldo telefonou para Robinho perguntando se ele estava feliz com o fim da novela de sua transferência para o Real. Robinho respondeu que estava triste porque a situação teria se complicado outra vez. "Então, pode comemorar porque o Real vai depositar os US$ 50 milhões na segunda-feira", teria dito Ronaldo.Novela - O depósito dos US$ 30 milhões feito na quinta-feira não deu resultado esperado pelo Real. Esse dinheiro corresponderia aos 60% a que o Santos teria direito na negociação, mas o clube brasileiro quer receber o valor integral da multa e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já deu razão aos dirigentes santistas.Mas o Real está determinado a fechar a contratação de Robinho e, inclusive, acha que essa novela já demorou demais. E, por isso, estuda desembolsar os US$ 50 milhões. Mesmo porque, o Real já anunciou a contratação do atacante brasileiro em seu site oficial e quer evitar um vexame mundial. Um forte indicativo disso é o pedido que a Real Federação Espanhola de Futebol fez à CBF, nesta sexta-feira, para que o Certificado de Transferência Internacional de Robinho seja enviado.Silêncio - Enquanto isso, duas partes importantes da história preferem não se manifestar. A Fifa avisou que só vai falar sobre o caso quando e se for acionada. E o presidente do Santos, Marcelo Teixeira, segue sem dar entrevistas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.