Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Real relembra atentado de 11 de março

O Real Madrid se juntou as manifestações realizadas em toda a Espanha nesta sexta-feira, e interrompeu o treino por cinco minutos para lembrar as vítimas do atentado de 11 de março do ano passado, quando 191 pessoas morreram após uma série de ataques a bomba a um trem no subúrbio de MadriO técnico Vanderlei Luxemburgo terminou o treino exatamente aomeio-dia para prestar a homenagem. Em 2004, os jogadores foram recebendo as notícias sobre os atentados durante o mesmo treino, e decidiram ficar em silêncio, assim como fizeram hoje. Míchel Salgado, David Beckham e Jonathan Woodgate, que nãoparticipavam do treino, também entraram no gramado para somar-se àhomenagem. O ato contou com aproximadamente 100 pessoas que presenciavam otreino, assim como todos os jornalistas e funcionários do CT queestavam no local. Os jogadores se preparavam para a partida do próximo domingo contra o Getafe, pelo Campeonato Espanhol. Este tipo de manifestação aconteceu em praticamente todo o país. Os sinos das igrejas da capital espanhola começaram a soar exatamente às 7h37 (horário local, 3h37 em Brasilia), mesma hora em que a série de explosões começou. A Espanha observou cinco minutos de silêncio ao meio-dia (8h em Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.