Twitter / Real Sociedad
Twitter / Real Sociedad

Real Sociedad leva troféu da Copa do Rei para hospital e dedica título a profissionais da saúde

Equipe derrotou o arquirrival Athletic Bilbao na decisão e encerrou seca de títulos, mas não pode comemorar com a torcida

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de abril de 2021 | 19h30

Um time encerra um jejum de títulos após 37 anos em uma final contra o maior rival. Em condições normais, seria motivo para multidões tomarem conta da cidade, mas como a Real Sociedad não pode fazer isso em San Sebastián, o clube resolveu prestar uma bonita homenagem a quem está na linha de frente do combate à pandemia de covid-19. O troféu da Copa do Rei foi levado a um hospital, onde profissionais da saúde que torcem para a equipe puderam erguê-lo e comemorar a conquista.

A Real Sociedad levou o troféu até o Hospital Universitário Donostiarra, com a presença de alguns jogadores, como Asier Illarramendi, capitão do time, e Mikel Oyarzábal, autor do gol do título. O técnico Imanol Alguacil também estava presente. “Por todas as pessoas que lutam no dia a dia contra a pandemia. Esta Copa é de vocês”, escreveu o clube nas redes sociais. O ato ocorreu em sigilo, para não causar aglomerações, e durou apenas 15 minutos.

“Foi um gesto muito emocionante. É muito bonito que eles se lembrem de nós, depois de um ano tão longo e tão duro”, afirmou Leire Rubio, enfermeira que recebeu o troféu, ao Diário Vasco.

“Estamos vivendo momentos duros agora, com o aumento de casos, e creio que precisamos de um pequeno esforço para superar essa onda e poder ir ao campo para vê-los jogar, bem como para comemorar esse triunfo como se deve e fez falta” disse a diretora do hospital, Itziar Pérez.

“Neste ano tão duro para todos, os únicos protagonistas são eles, os que estão lutando na linha de frente. Esperamos que tudo melhore. Estou seguro que vão seguir fazendo o possível para que a pandemia termine, mas também nós temos que fazer nossa parte”, finalizou o capitão Illarramendi.

A Real Sociedad foi campeã da Copa do Rei no último domingo, ao derrotar o Athletic Bilbao por 1 a 0 na decisão, válida pelo torneio da temporada 2019-20. A decisão foi adiada por diversas vezes com a intenção de que fosse possível ter torcedores no estádio, o que acabou não acontecendo.

Em um ano de pandemia, a Espanha já teve mais de 3,35 milhões de casos do coronavírus e 76 mil mortes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.