Victor Lerena / EFE
Victor Lerena / EFE

Real tem clássico com Barça pelo Espanhol confirmado para 23 de dezembro

Jogo será disputado no Santiago Bernabéu, em Madri

Estadão Conteúdo

02 Novembro 2017 | 17h26

A Liga de Futebol Profissional da Espanha divulgou, nesta quinta-feira, os dias e horários das partidas válidas pela 17.ª rodada do Campeonato Espanhol, na qual a maior atração será o clássico entre Real Madrid e Barcelona, confirmado para o dia 23 de dezembro, um sábado, às vésperas do Natal, às 10 horas (de Brasília), no estádio Santiago Bernabéu, em Madri.

+ Tottenham passa fácil pelo Real e se garante nas oitavas da Liga dos Campeões

O jogo, batizado de "El Clásico" pelos espanhóis, desperta interesse mundial e será disputado em um momento no qual os rivais vivem momentos distintos na temporada. O clássico poderá ser uma grande oportunidade de reabilitação para o Real Madrid, que não vivem bom momento no Espanhol e também na Liga dos Campeões da Europa.

No torneio nacional, o atual campeão ocupa somente a terceira colocação, com 20 pontos, oito atrás do principal rival, que lidera a competição com 28. O time merengue ainda vem de derrota na rodada passada para o modesto Girona, clube estreante na primeira divisão - o Real não perdia para uma equipe que disputa pela primeira vez a divisão de elite do país desde 1990.

A equipe comandada pelo francês Zinedine Zidane também está derrapando na principal competição de clubes do continente europeu. Na última quarta-feira, o Real foi derrotado pelo Tottenham por 3 a 1, no estádio de Wembley, em Londres, e resultado lhe tirou da liderança da chave - na rodada anterior, os madrilenhos haviam somente empatado com a equipe inglesa, em Madri, por 1 a 1.

Em entrevista coletiva após a derrota em Londres, Zidane reconheceu a má fase vivida pelo Real. Ele, porém, procurou valorizar a qualidade do adversário, revelou que os atletas ficaram decepcionados e mostrou confiança na rápida recuperação do Real na temporada.

"Perdemos uma partida da Liga (Espanhola) e uma da Champions (Liga dos Campeões). São duas derrotas seguidas e não podemos estar contentes. É um momento ruim, mas é preciso aceitá-lo. Quando se ganha, se aceita e ficamos felizes. Quando se perde, é preciso manter a cabeça erguida que isto é futebol e temos muitos jogos para dar a volta (por cima) e é isso que vamos fazer", declarou Zidane.

Discurso semelhante foi adotado pelo zagueiro Sérgio Ramos, capitão e um dos jogadores mais experientes do elenco. O atleta, de 31 anos, pediu paciência à torcida e garantiu que o time segue vivo na luta pela classificação à próxima fase da Liga dos Campeões.

"Entendemos o pessimismo que pode ter sido criado em nossa torcida após os últimos resultados. Mas o Real sempre volta a ser aquilo que é. Com minha experiência no Real Madrid, quando você perde alguns jogos, se fala em crise. É preciso manter a calma e estarmos unidos. Estamos vivos em nossa competição favorita, que é a Champions. Devemos ficar calmos, seguir unidos e convencidos de que o Real Madrid vai voltar muito cedo (a vencer)", analisou o defensor em entrevista publicada no site do clube.

O Real Madrid volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Las Palmas, no Santiago Bernabéu, pela 11.ª rodada do Espanhol. Pela Liga dos Campeões, o Real jogará somente no dia 21 de novembro, contra o APOEL, em Nicósia, no Chipre, pela quinta rodada do Grupo H.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.