Real tem prejuízo, diz revista espanhola

As contas do Real Madrid não são saudáveis, como afirmam seus dirigentes. A denúncia de que o balanço do exercício de 2002 do clube foi alterado está na edição da revista Capital que chegou nesta quarta-feira às bancas da Espanha. A publicação especializada em economia diz que o clube teve prejuízo de US$ 114,6 milhões. Na reportagem ?As manobras de Florentino Perez?, o periódico diz que o presidente do Real Madrid mentiu aos sócios, quando mostrou o balanço em azul. Capital garante que o clube arrecadou US$ 224,6 milhões, mas gastou US$ 339,3 milhões. Além disso, revela que a venda da Ciudad Deportiva ? o centro de treinamento do Real ? pode ser anulada na Justiça. O clube fez acerto com a prefeitura de Madri e com um grupo de empreiteiros, no qual cedia parte do terreno, em zona valorizada, em troca de abatimento de dívidas. Mas, em acordo firmado nos anos 50 pelos antigos proprietários, a área só poderia ser usada con fins esportivos. A revista afirma também que, em 2000/2001, Perez anunciou como lucro a soma de US$ 136,8 milhões emprestada pela Caixa de Madrid. Esse dinheiro, no entanto, deveria ser contabilizado em 11 anos e não apenas em uma temporada. Rodada ? O Deportivo foi surpreendido pelo Mallorca e perdeu por 2 a 0, em La Coruña, pela 9ª rodada. Mas continua na liderança, com 21 pontos, um à frente do Real Madrid, que na terça-feira ficou no 0 a 0 com o Zaragoza. O Valencia empatou com o Celta por 2 a 2 e foi a 20 pontos. O Barcelona bateu o Murcia por 3 a 0, com um gol de Ronaldinho Gaúcho. Outros resultados: Albacete 2 x Villarreal 0, Athletic Bilbao 2 x Malaga 1, Osasuna 2 x Betis 0 e Santander 0 x Espanyol 1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.