Andrés Kudacki/AP
Andrés Kudacki/AP

Real tenta anular cartão amarelo que suspendeu Cristiano Ronaldo

Craque português está suspenso do confronto diante do Eibar

Estadão Conteúdo

09 de abril de 2015 | 12h02

O Real Madrid apresentou nesta quinta-feira um protesto pedindo a anulação do cartão amarelo recebido por Cristiano Ronaldo na última quarta, na vitória por 2 a 0 sobre o Rayo Vallecano. Foi a quinta advertência do português, que, com isso, está suspenso do confronto diante do Eibar, sábado, novamente pelo Campeonato Espanhol.

No lance em questão, Cristiano Ronaldo foi lançado pelo lado esquerdo, tentou o corte para o meio e recebeu o carrinho de Antonio Amaya. O árbitro Mario Melero López não só entendeu que não houve pênalti, como mostrou o amarelo ao astro por simulação, como explicou posteriormente na súmula.

Nesta quinta pela manhã, o comitê jurídico do Real Madrid se reuniu com Cristiano Ronaldo para perguntar sua opinião sobre o lance. Ao ouvir do português que ele achou que foi pênalti, decidiu protestar junto ao Comitê de Competição da Real Federação Espanhola de Futebol.

PEPE TREINA

Também pela manhã desta quinta-feira, o Real Madrid se reapresentou para mais uma sessão de treinamentos. Enquanto os titulares fizeram trabalho regenerativo, os reservas foram a campo. A novidade ficou por conta do zagueiro Pepe, que se recupera de uma lesão muscular na coxa e voltou a trabalhar normalmente com seus companheiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.