Real tenta livrar Roberto Carlos da pena

O Real Madrid tem até a noite de quinta-feira para apresentar um recurso à Comissão de Apelação da Uefa para tentar a liberação do lateral Roberto Carlos da suspensão de duas partidas pela agressão ao zagueiro Demichellis, do Bayern de Munique, no jogo de ida pelas oitavas-de-final da Liga dos Campeões, semana passada.O clube espanhol alegará que o brasileiro apenas respondeu a uma forte entrada do zagueiro e que este, ao invés de pedir desculpas, encarou Roberto Carlos. Outro ponto do recurso seria o bom comportamento no torneio. Afinal, o brasileiro nunca ficou de fora de um jogo da Liga dos Campeões por ter causado confusão."Viajaremos à Suíça com a esperança de voltar com notícias melhores. Duas partidas de suspensão nos parece um castigo muito severo. Estou otimista de que o recurso será convincente e de que faremos uma boa defesa de Roberto. Não descartamos que ele possa jogar contra o Bayern, mas não será fácil porque a Uefa gosta de mostrar firmeza nessas decisões", disse Butragueño, diretor esportivo do Real Madrid.

Agencia Estado,

02 de março de 2004 | 19h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.