Real vence Monaco na volta de Ronaldo

Bastou Ronaldo se recuperar da lesão muscular na coxa esquerda e voltar ao time para o Real Madrid se reencontrar com a vitória. Depois de quatro jogos sem ganhar - três no Campeonato Espanhol e um na Copa do Rei -, o ?Dream Team" bateu o Monaco por 4 a 2, nesta quarta-feira, no jogo de ida das quartas-de-final da Liga dos Campeões, com um gol do atacante brasileiro. Na partida de volta, que será disputada dia 6 na França, o Real poderá perder por um gol de diferença para passar às semifinais da competição européia. Beckham levou cartão amarelo aos 46 minutos do segundo tempo e terá de cumprir suspensão. Mas Roberto Carlos está livre para voltar ao time, porque já pagou os dois jogos de gancho que pegou por ter agredido um jogador do Bayern de Munique na partida de ida das oitavas-de-final.Ronaldo não teve uma atuação brilhante, mas foi determinante para o resultado. Ele sofreu o pênalti que resultou no terceiro gol e marcou o quarto, com um chute cruzado de pé esquerdo. Foi o seu quarto na competição e o 29º na temporada.O público que lotou o Santiago Bernabeu sofreu bastante antes de o time espanhol acordar. No primeiro tempo, o Monaco equilibrou o jogo, criou boas chances e saiu em vantagem com um gol de Squilacci aos 43 minutos. A melhor chance para o Real foi num lance em que Ronaldo errou uma cabeçada fácil, a três metros do gol.Na segunda etapa, o time espanhol espantou a zebra. Logo aos seis minutos, chegou ao empate com um gol de cabeça do zagueiro Helguera. O segundo, marcado por Zidane aos 25, teve uma ajudinha do juiz - o francês marcou no rebote de um chute de Figo, mas estava impedido no momento do tiro do português.Ronaldo foi decisivo nos dois gols seguintes. No terceiro, entrou na área pedalando e foi derrubado. Figo cobrou o pênalti, o goleiro Roma rebateu e o português marcou de cabeça. O atacante brasileiro fez o quarto, aos 36 minutos, e foi imediatamente substituído pelo argentino Solari. Dois minutos depois, Morientes marcou de cabeça para o Monaco. Como seu passe ainda pertence ao Real, ele não comemorou o gol. E ainda foi aplaudido pelos torcedores espanhóis.Duelo inglês - Na outra partida desta quarta-feira, Chelsea e Arsenal empataram por 1 a 1 em Londres. Como jogou fora de casa, o Arsenal se classificará com um empate sem gols na segunda partida. Os gols foram de Gudjohnsen para o Chelsea e Pires para os visitantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.