Ricardo Duarte/Internacional
Ricardo Duarte/Internacional

Reapresentação do Inter após derrota em Gre-Nal é marcada por protestos

Grupo de 15 torcedores foi até o CT para reclamar após revés por 3 a 0 para o rival

Estadão Conteúdo

19 de março de 2018 | 19h46

Um dia depois de ser atropelado pelo Grêmio na primeira partida das quartas de final do Campeonato Gaúcho, o Internacional se reapresentou nesta segunda-feira sob a ira da torcida. Alguns colorados foram ao CT do Parque Gigante e, com o acesso bloqueado, protestaram do lado de fora.

+ Confira a tabela do Campeonato Gaúcho

Eram cerca de 15 pessoas próximas a um dos alambrados do CT, sendo que duas delas estavam com os ânimos mais acirrados. As principais cobranças eram contra o técnico Odair Hellmann. "Vergonha na cara" e "coloca o time para frente" foi alguns dos pedidos ouvidos pelo treinador.

Enquanto isso, os titulares da partida na Arena faziam trabalho regenerativo na parte interna do CT. Por isso, as cobranças foram ouvidas apenas pelos reservas, que foram a campo e realizaram uma atividade com bola.

Depois de perder por 3 a 0 na ida, o Internacional precisa vencer por quatro gols de diferença na quarta, no Beira-Rio, se quiser avançar às semifinais. Caso devolva o placar de três gols de diferença, o duelo será definido nos pênaltis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.