Reapresentação no Fluminense mistura entusiasmo e decepção

Torcedores que foram às Laranjeiras fizeram festa, mas lamentaram ausências como a do atacante Washington

03 de janeiro de 2008 | 19h30

O início do ano do Fluminense foi um misto de entusiasmo e decepção. Os torcedores que compareceram às Laranjeiras para a reapresentação do plantel vibraram com as contratações estelares, como Leandro Amaral e Dodô, mas lamentaram ausências como a de Washington, que perdeu o vôo em Curitiba. Outra boa notícia diz respeito à polêmica Thiago Neves. O Fluminense pagou R$ 2,36 milhões ao Paraná, referentes à multa rescisória, e o meia está liberado para atuar pelo clube. "Não há mais qualquer impedimento legal para o Thiago Neves jogar pelo Fluminense", garantiu Léo Rabello, empresário do atleta. "Ele não tem mais vínculo com o Paraná. O próximo passo é registrar seu contrato na CBF." Por outro lado, fracassaram as tentativas da diretoria para contratar o goleiro uruguaio Carini e o volante Fabinho, do Toulouse. A irritação estava evidente nas palavras do técnico Renato Gaúcho, que deixou subentendida insatisfação com a diretoria. "Não tive férias. Tive que trabalhar, me meter para não perder alguns jogadores. Melhor deixar para lá", reclamou. Renato também revelou desconforto ao analisar as expectativas que se formam para elenco tão recheado de destaques. "Não venham com negocinho de oba-oba, de 'seleflu', de máquina, porque isso não existe", bufou. Ainda são aguardadas as chegadas do meia argentino Conca, que só se apresenta no dia 6, e do apoiador Ygor, ex-Vasco, que deve ser anunciado oficialmente nesta sexta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
FluminenseCarioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.