Reasco deve ganhar chance como titular no São Paulo

Equatoriano não joga pelo time há três meses. Ele pode assumir vaga de Ilsinho, que está na Ucrânia

Guilherme Carvalho, do Jornal da Tarde,

24 de julho de 2007 | 19h07

O lateral-direito Reasco deve finalmente ganhar uma oportunidade como titular do São Paulo, no jogo de quinta-feira, contra o Sport Recife, no Morumbi. Ele está há mais de três meses sem entrar em campo com a camisa tricolor: sua última partida foi na vitória por 1 a 0 sobre o Alianza, no Peru, pela Libertadores da América, no dia 18 de abril."O Reasco está esperando uma oportunidade há muito tempo. Chegou a hora de mostrar seu futebol", disse o técnico Muricy Ramalho. O equatoriano foi beneficiado pela viagem de Ilsinho, que chega nesta quarta-feira a Donetsk, na Ucrânia, para conhecer as dependências do Shakhtar, clube que ofereceu 11 milhões de euros (R$ 28 milhões) para tirá-lo do São Paulo.Contratado em agosto do ano passado, logo após a Copa do Mundo, Reasco sofreu seguidas contusões no ano passado, e ficou de fora do time em julho porque estava com a seleção do Equador na Copa América. Até agora, ele fez apenas 15 partidas com a camisa do São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.