Rebaixado, Guarani anuncia acordo com treinador Vadão

Um dia depois de ser rebaixado para a Série A2 do Campeonato Paulista, o Guarani confirmou a contratação do técnico Osvaldo Alvarez, o Vadão, ex-São Caetano. A nova comissão técnica foi apresentada nesta segunda-feira. A prioridade é a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro da Série B, mas na quarta o treinador já estreia diante do Internacional, pela segunda fase da Copa do Brasil.

AE, Agencia Estado

06 de abril de 2009 | 12h31

"O importante agora é pensar na Série B. É zero a zero e começar a vida de novo", resumiu Vadão que tentou mostrar otimismo em relação ao futuro. Mesmo porque o clube terá uma verba especial para esta disputa, uma vez que pertence ao Clube dos 13 e tem uma previsão de receita de R$ 3 milhões, além de mais a estimativa de R$ 1,5 milhão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que assumiu a coordenação da Série B.

Esta é a terceira passagem de Vadão pelo Guarani. Diz-se que o técnico acertou com o clube há três semanas, quando o Guarani ainda tinha chances de escapar evitar o rebaixamento. Mas Vadão garante que o acordo final só ocorreu na semana passada. Ele chega junto com o auxiliar técnico Gersinho e com o preparador físico Valter Grasmann.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.