Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

Rebaixado no Paulista, São Bento anuncia demissão do técnico Silas

Time de Sorocaba indica auxiliar Luizinho Rangel como interino até a contratação de outro treinador

Redação, Estadão Conteúdo

18 de março de 2019 | 11h50

Três dias depois de ser rebaixado no Campeonato Paulista, o São Bento anunciou nesta segunda-feira a demissão do técnico Silas. No jogo de despedida no Paulistão, a equipe será conduzida interinamente pelo auxiliar Luizinho Rangel e pelo coordenador de futebol José Luiz Drey. Um novo comandante deve ser anunciado nos próximos dias para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

A passagem de Silas à frente do São Bento foi curta, de pouco mais de um mês. Contratado em 11 de fevereiro para o lugar de Marquinhos Santos, que tinha três empates e três derrotas no Estadual, o ex-jogador do São Paulo e da seleção brasileira pegou a equipe já na lanterna, mas não conseguiu melhorar o desempenho do time.

Foram cinco partidas, com quatro derrotas, para Oeste, Mirassol, Ponte Preta e Red Bull Brasil, e apenas um empate, por 1 a 1, com o Corinthians - um aproveitamento de apenas 6,66%. Durante esses jogos, o São Bento anotou cinco gols e sofreu nove. Consequentemente, repetindo 1991 e 2007, o clube sorocabano foi rebaixado no Paulistão, desta vez, com uma rodada de antecedência e quatro pontos em 11 rodadas.

No começo do Estadual, porém, a expectativa era de que o São Bento pudesse lutar por uma vaga às quartas de final. Isso porque o clube fez diversas contratações de alguns jogadores com experiência em clubes maiores, caso dos atacante Éder Luís e Alecsandro, do lateral-direito Edson Ratinho e do goleiro Renan. A última participação da equipe na Série do Paulista A2 foi em 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.