Rebelo diz que Figger faz ato ilegal

O presidente da CPI da CBF/Nike, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), disse que o Clube Atlético Rentistas (Uruguai) "é um time de fachada" e que o negócio feito pelo empresário Juan Figger, que transfere jogadores do Brasil para a Europa passando pelo clube uruguaio, "é uma operação de lavagem de dinheiro e evasão de divisas". Segundo o parlamentar, "é inadmissível que um jogador saia de um clube no Brasil, passe apenas um dia no Uruguai e vá para a Europa com passe supervalorizado, sem sequer vestir a camisa do Rentistas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.