Rebelo e Eurico divergem na CPI

O presidente da CPI da CBF/Nike, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), acaba de encerrar os trabalhos da CPI alegando "não haver qualquer condição para votar o relatório do deputado Silvio Torres nem a proposta alternativa", apresentada pelo deputado José Rocha. Ele alegou ter 18 votos dos 25 membros da CPI. O vice-presidente da comissão, deputado Eurico Miranda, diz que vai reabrir os trabalhos e colocar em votação os relatórios de Silvio Torres em confronto com o relatório de José Rocha.

Agencia Estado,

13 de junho de 2001 | 19h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.