Rebrov acha que goleada para a Espanha ajudou a Ucrânia

O meia ucraniano Rebrov disse neste domingo que a goleada sofrida para a Espanha, por 4 a 0, na estréia da Copa, ajudou sua seleção. Isso porque fez com que os jogadores aprendessem com seus erros. "Estou convencido de que a derrota para a Espanha foi boa em alguns aspectos. O jogo nos deixou abatidos, mas também ansiosos para demonstrar que somos muito melhores do que fomos aquele dia. Além disso, está claro que aprendemos várias coisas sobre o que nãodeve ser feito numa partida", ressaltou o jogador do Dínamo de Kiev."Acho, também, que tivemos sorte ao jogar a segunda partida contra a Arábia Saudita. Não sei o que aconteceu com eles, talvez tenham sofrido por levar um gol logo no início, mas me surpreendeu a facilidade que tivemos para vencê-los. Naquele dia, mostramos quepodemos jogar um bom futebol", afirmou Rebrov.Por outro lado, o jogador admitiu que a equipe não foi bem no magro 1 a 0 sobre a Tunísia, que jogou parte da partida com um homem a menos. "Para ser sincero, nossa atuação contra a Tunísia foi decepcionante, mas sabíamos que devíamos conseguir pelo menos um ponto contra um adversário difícil, e acabamos levando três. Portanto, cumprimos nossa missão".A questão agora é saber se a "verdadeira" Ucrânia vai reaparecer nesta segunda-feira, para enfrentar a Suíça, pelas oitavas-de-final. Rebrov disse que, nesta fase, simplesmente, não há alternativa. "Acho que já não importa quem você enfrente; essa altura, todos os adversários são complicados", afirmou o jogador com mais partidas pela seleção (73).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.