Recluso em hotel, Romário silencia

Hospedado no paradisíaco Costão do Santinho Resort e SPA, um luxuoso complexo hoteleiro situado de frente para apraia do Santinho, na região norte da Ilha de Santa Catarina, desde oúltimo dia 20, o atacante Romário deixa Florianópolis nestaquarta-feira sem qualquer pronunciamento sobre o encerramento de suacarreira, conforme notícia publicada na edição de terça-feira no jornal"O Globo". Acompanhado dos filhos Romarinho, Moniquinha, Danielinha eRaphael, o jogador passou o Natal no Resort e, mesmo antes de desfazeras malas, exigiu privacidade da administração do empreendimento. Pediupara não ser incomodado, especialmente pela imprensa, durante o períodode estada na Capital catarinense. Os últimos noves dias, segundo informações fornecidas pelodepartamento de marketing do empreendimento, foram dedicadosexclusivamente para que o jogador pudesse "relaxar". Uma ou outrasaída com os filhos, no interior de uma Van, foram feitas com afinalidade de visitar outras praias da Ilha, principalmente as daregião norte, bem como alguns pontos turísticos de Florianópolis. Na entrevista concedida ao jornalista Renato Prato, Romário teriadito que "não tinha mais vontade de jogar". Sua intenção é fazer umgrande jogo de despedida, no segundo semestre de 2005, no Rio deJaneiro. As camisas do Vasco e do Flamengo, os clubes, que segundo elemais marcaram sua carreira, serão usadas no jogo de despedida, uma emcada tempo da partida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.