Recomeço é a ordem no Corinthians

A derrota para o Juventude, 2 a 1, sábado, no Pacaembu, atrapalhou muito os planos da comissão técnica e dos jogadores do Corinthians. Com o tropeço, a equipe, nona colocada com 52 pontos, deixou os líderes do Campeonato Brasileiro se distanciarem na classificação."Precisamos começar tudo outra vez", diz o técnico Tite. E o recomeço será duro. Na quarta-feira, o Corinthians vai à Vila Belmiro enfrentar o vice-líder Santos. "Não podemos desanimar e nos abater com a derrota. Temos de brigar para chegar lá", exige o treinador.Para o zagueiro Betão, no entanto, o recomeço não será muito fácil. "O Santos está por cima. Eles são favoritos. Vamos jogar esse clássico como surpresa", disse. O desfalque será o lateral-esquerdo Fininho, suspenso com o terceiro cartão amarelo.

Agencia Estado,

03 de outubro de 2004 | 18h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.