Recuperação é a palavra de ordem do Bahia no Morumbi

Recuperação é tudo o que o Bahia quer, nesta quarta-feira, na partida contra o São Paulo, às 21 horas, no estádio do Morumbi, em jogo antecipado da 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro - por causa da participação do clube paulista na Copa Suruga Bank, no Japão, no início de agosto. A derrota para o Corinthians, no último domingo, em Salvador, não estava nos planos e agora ao menos um empate fora de casa é obrigação.

AE, Agência Estado

10 de julho de 2013 | 07h24

Nesta terça, antes da viagem à São Paulo, o técnico Cristóvão Borges comandou um treinamento recreativo e teve boas notícias. O atacante Fernandão, que saiu ainda no primeiro tempo contra o Corinthians com uma entorse no tornozelo, participou da atividade e deve jogar nesta quarta.

Quem também era dúvida, mas treinou nesta terça foi o lateral-direito Madson, que havia se queixado de dores na coxa na segunda. No entanto, o volante Hélder, que também participou do treino, ainda não está confiante para disputar uma partida por sentir dores no joelho.

Fora de campo, turbulência. O clube ferve politicamente e foi mais uma vez abalado com a derrubada de uma liminar que mantinha o presidente Marcelo Guimarães Filho na presidência.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoBahia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.