Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Vitor Hugo pode reforçar o Palmeiras contra o Cruzeiro

Zagueiro está recuperado de uma lesão no rosto

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

05 de agosto de 2015 | 06h59

Enquanto ainda lamenta a grave lesão no joelho do volante Gabriel, o técnico Marcelo Oliveira ganha uma boa notícia para a sequência do trabalho do Palmeiras. O zagueiro Vitor Hugo está recuperado da lesão na face e nesta quarta-feira já treina com os companheiros. Ele pode até ser aproveitado na partida contra o Cruzeiro, domingo, no Mineirão.

O jogador desfalcou a equipe por cinco jogos por causa de uma concussão cerebral sofrida na partida contra o Avaí. Ele passou os últimos dias fazendo trabalho individual físico e poucas atividades com bola. Para a defesa, o técnico Marcelo Oliveira conta ainda com Victor Ramos, Leandro Almeida, Jackson e Nathan para o setor.

A ideia do treinador é que Vitor Hugo e Leandro Almeida disputem uma posição no lado esquerdo da zaga, enquanto Victor Ramos e Jackson concorrem por uma vaga na direita e Nathan apareça como terceira opção nos dois lados da defesa. Na segunda-feira, Vitor Hugo já comemora o retorno aos gramados.

“Finalmente o médico me liberou. Quarta já treino normal com todo mundo. Treinar forte para estar bem assim que o professor (Marcelo Oliveira) precisar”, escreveu o defensor, em sua página no Instagram.

No meio de campo, no lugar de Gabriel, Marcelo Oliveira define o substituto nos próximos treinamentos. Após folgarem dois dias, o elenco alviverde se reapresenta na manhã desta quarta-feira, na Academia de Futebol, onde deve realizar uma atividade leve, já que à tarde voltam para o gramado, quando o treinador deve começar a definir quem será o novo titular no meio de campo, ao lado de Arouca.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.