Alejandro García/EFE
Alejandro García/EFE

Recuperado de lesão, Arthur reforça Barcelona contra o Tottenham

Volante fica à disposição para o jogo desta terça-feira, pela Liga dos Campeões

Estadão Conteúdo

10 de dezembro de 2018 | 19h41

Recuperado de uma lesão muscular que o deixou de fora das últimas partidas do Barcelona, o volante brasileiro Arthur ganhou alta médica após o treino desta segunda-feira e foi confirmado na lista de 19 jogadores relacionados pelo técnico Ernesto Valverde para o jogo com o Tottenham, nesta terça, às 18 horas (de Brasília), em casa, pela rodada final do Grupo B da Liga dos Campeões.

O ex-gremista não defende o Barça desde o dia 24 de novembro, quando foi substituído aos 35 minutos do segundo tempo no empate por 1 a 1 com o Atlético de Madrid, em clássico pelo Campeonato Espanhol. Depois disso, ele desfalcou a equipe no triunfo por 2 a 1 sobre o PSV, na Holanda, pela Liga dos Campeões, e ficou fora das partidas contra Villarreal e Espanyol pelas duas últimas rodadas da competição nacional.

Se Arthur está de volta, por outro lado o time catalão não contará com os também brasileiros Rafinha e Malcom e ainda não terá Sergi Roberto e Umtiti. Todos eles foram descartados do duelo desta terça-feira por estarem lesionados.

A lista completa de relacionados do Barcelona para o jogo contra o Tottenham é a seguinte: Ter Stegen, Semedo, Piqué, Rakitic, Busquets, Denis Suárez, Philippe Coutinho, Arthur, Luis Suárez, Messi, Dembélé, Cillessen, Lenglet, Jordi Alba, Munir, Vidal, Vermaelen, Aleñá e Miranda.

Com 13 pontos, o Barcelona já está classificado para as oitavas de final da Liga dos Campeões e também já assegurou a liderança do Grupo B. Até por isso, a tendência é a de que Valverde poupe alguns jogadores mais desgastados e dê chance para atletas que estão sendo menos utilizados nas partidas. Porém, o treinador assegurou que a equipe vai encarar este duelo com muita seriedade e buscar com empenho a vitória sobre um rival que está na luta pela última vaga da chave na próxima fase.

"Faremos uma ou duas mudanças amanhã e veremos as mudanças que farei, mas é um jogo importante porque o rival e a competição são muito importantes", ressaltou o treinador, que lembrou outro fator que motiva o seu time a buscar um bom resultado nesta terça: "Queremos seguir invictos em casa, respeitamos o Tottenham e a Inter, mas são eles que chegam com a classificação por decidir. Nossa intenção é ganhar o jogo".

O Tottenham está na vice-liderança da chave, com sete pontos, mesma pontuação da Inter de Milão, terceira colocada, que em outro duelo desta terça encara o PSV, em Milão.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.