Arquivo/AE
Arquivo/AE

Recuperado, Borges diz que voltará com 'mais apetite'

Atacante se recupera de pancada na cabeça e reforça o São Paulo diante do Cruzeiro, pela Libertadores

AE, Agencia Estado

26 de maio de 2009 | 18h05

O atacante Borges deve estar em campo nesta quarta-feira, quando o São Paulo enfrenta o Cruzeiro, no Mineirão, pelas quartas de final da Copa Libertadores. Sua escalação depende apenas do técnico Muricy Ramalho. Depois de ficar de fora do clássico contra o Palmeiras por causa de um trauma na cabeça, ele está liberado para atuar em Belo Horizonte. "Graças a Deus estou recuperado e pronto pra estar à disposição do Muricy, e se Deus quiser jogar", disse.

Veja também:

linkMarlos chega ao São Paulo e diz que já pode estrear

linkMiranda vê crescimento do São Paulo na temporada

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

tabela Copa Libertadores - Classificação e Calendário 

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Para o atacante, a Libertadores é um torneio diferenciado, em que a vontade de jogar é maior, ainda mais para quem ficou fora de um clássico. "Pra mim, dá mais apetite sim. Além de ser uma competição tão importante, tem o fato de já termos vencido os últimos três nacionais, e agora queremos de qualquer jeito trazer mais um troféu da Libertadores pra cá", afirmou Borges nesta terça-feira.

Na competição continental, Borges é o artilheiro do São Paulo, com cinco gols. Além de buscar alcançar os maiores goleadores do atual torneio, que somam sete gols, o atacante também busca a artilharia do clube na história da Libertadores. Para isso, precisa de mais quatro gols, já que também marcou uma vez na edição de 2007 - Palhinha, Rogério Ceni, Müller e Pedro Rocha são os artilheiros do São Paulo, com dez gols cada.

Borges não esconde que pensa em fazer história pelo São Paulo, mas antes quer a vaga nas semifinais, vencendo o confronto contra o Cruzeiro. "Até brinquei com o Palhinha quando ele esteve no CT que seria difícil chegar nele, mas espero aproveitar as oportunidades aqui pra fazer os gols. Primeiro pra ajudar a minha equipe a classificar, e depois conseguir a artilharia."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.