Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Recuperado da covid-19, Alison treina e reforça o Santos na final da Libertadores

Volante fica à disposição do técnico Cuca para enfrentar o Palmeiras, sábado, no Maracanã

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de janeiro de 2021 | 15h43

A volta do Santos aos treinos após a derrota por 4 a 3 para o Goiás foi com ótima notícia para o clube. Nesta segunda-feira, o volante Alison, recuperado do coronavírus, participou da atividade no CT Rei Pelé, indicando que terá condições de enfrentar o Palmeiras, sábado, no Maracanã, na decisão da Copa Libertadores

Livre da covid-19, Alison passou por exames cardiológicos para ser liberado aos treinos no Santos. E como foi aprovado, pode realizar as atividades preparatórias até a final. Exame feito no dia 15 detectou que o meio-campista havia contraído a doença. Desde então, ele vinha realizando período de isolamento. 

Se não sofrer baixas até a final por lesão ou novos casos de coronavírus, o time só não poderá contar com o volante Jobson, que sofreu grave contusão no joelho, no confronto no Maracanã.

Assim, o Santos deve encarar o Palmeiras com a seguinte formação: John; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Lucas Braga; Marinho, Kaio Jorge e Soteldo.

Os titulares do Santos vão ser poupados no duelo com o Atlético-MG, nesta terça-feira, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. E eles nem serão relacionados por Cuca para a viagem a Belo Horizonte. 

Da capital mineira, os suplentes do Santos vão viajar ao Rio na quarta-feira, mesma data em que os titulares deixarão a Baixada, seguindo para a capital fluminense. Será lá, portanto, que o elenco santista estará novamente completo, realizando os últimos treinos de preparação para o decisivo confronto com o Palmeiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.