Divulgação
Divulgação

Recuperado de lesão, Carlinhos se coloca à disposição do São Paulo

Lateral esquerdo sofreu estiramento na panturrilha esquerda

Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2015 | 17h05

Recuperado de um estiramento na panturrilha esquerda, o lateral-esquerdo Carlinhos deve reforçar o São Paulo no duelo contra o Atlético Mineiro, nesta quinta-feira, no estádio do Morumbi, na capital paulista, pela 35.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time tricolor precisa da vitória, pois busca uma vaga na Copa Libertadores.

O jogador não atua desde o dia 30 de setembro, quando o São Paulo ficou no empate por 1 a 1 com o Vasco, no Maracanã, pelo confronto de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Na ocasião, sofreu uma tendinite no adutor direito. Quando já treinava com o grupo após se recuperar da lesão, sofreu a nova lesão. "Tenho adquirido a forma física ideal no dia a dia, porque estou há mais de um mês sem jogar. Tenho trabalhado todos os dias e aproveitado este período sem jogos para ficar novamente à disposição", comentou.

"Esse ano foi o mais difícil da minha carreira porque tive muitas lesões. Então, sempre que eu estava pegando mais ritmo de jogo e tendo uma sequência, acontecia algo que me deixava várias semanas no departamento médico. Mas agora isso é passado e espero participar dos últimos quatro jogos do Brasileiro porque queremos uma vaga na Libertadores e tenho certeza de que 2016 será diferente", prosseguiu.

O São Paulo ocupa a quinta colocação com 53 pontos, um a menos do que o Santos, o quarto colocado. O duelo contra o Atlético, além de colocar a equipe mais perto da Libertadores, pode ajudar o rival Corinthians, que garante a taça antecipada em qualquer tropeço do time mineiro.

"Independentemente de que esse jogo possa acrescentar algo aos rivais, temos que pensar nos três pontos que serão importantíssimos para a gente na briga pelo G4. Não podemos sequer empatar. Temos que fazer a nossa parte dentro de casa e buscar a vitória", finalizou o lateral-esquerdo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.