Rodrigo Coca/ Agência Corinthians
Rodrigo Coca/ Agência Corinthians

Recuperado de lesão, Jemerson volta a treinar com o grupo do Corinthians

Equipe alvinegra volta aos gramados na próxima quarta-feira para enfrentar o Red Bull Bragantino

Redação, Estadão Conteúdo

14 de junho de 2021 | 19h12

Totalmente recuperado de lesão, o zagueiro Jemerson voltou a treinar com os demais jogadores do Corinthians nesta segunda-feira. Ao finalizar a transição física, ele está novamente à disposição do técnico Sylvinho. O jogador, contudo, só tem contrato até o fim do mês, e o clube já indicou que não pretende renovar seu vínculo.

O defensor se machucou no mês passado, quando sofreu lesão no músculo posterior da coxa esquerda. Nos últimos dias, ele fazia a transição entre o departamento médico e a preparação física. E, nesta segunda, foi liberado para voltar a treinar normalmente, na companhia do grupo, sem o amparo direto dos preparadores físicos.

Jemerson tem contrato somente até o dia 30 deste mês. Mesmo assim, agora recuperado de lesão, poderá defender o Corinthians em cinco partidas antes da finalização do seu vínculo com o clube paulista.

Nesta quarta, o time enfrentará o Red Bull Bragantino, na Neo Química Arena, pela quarta rodada do Brasileirão. Depois, o Corinthians enfrentará nesta ordem: Bahia (dia 20), Sport (24), Fluminense (27) e São Paulo (30), todos pelo Brasileirão.

Se o Corinthians, de fato, não renovar o contrato de Jemerson, o time terá a partir de julho as seguintes opções para a zaga: Raul Gustavo, João Victor, Léo Santos, Gil e Bruno Méndez. Danilo Avelar, que atua como zagueiro e lateral, ainda se recupera de lesão.

Com Jemerson no grupo, o Corinthians se reapresentou nesta segunda no CT Dr. Joaquim Grava, após folga no domingo. No sábado, empatou por 1 a 1 com o Palmeiras, também pelo Brasileirão. Aqueles que jogaram por mais de 45 minutos fizeram apenas trabalho regenerativo nesta segunda.

Os demais foram a campo para trabalhos de velocidade e passes. Zagueiros e laterais fizeram treino específico na defesa, enquanto meias e atacantes exercitaram movimentação, passes, cruzamentos e finalizações separadamente. Por fim, Sylvinho comandou trabalho técnico em campo reduzido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.