Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Recuperado de lesão, Réver exalta trabalho de interino do Atlético-MG

Zagueiro e capitão elogia Rodrigo Santana, que assumiu cargo após demissão de Levir Culpi

Redação, Estadão Conteúdo

02 de maio de 2019 | 13h22

Poucas horas após obter uma importante vitória sobre o Vasco, o Atlético-MG desembarcou em Belo Horizonte e já voltou aos trabalhos na manhã desta quinta-feira. Ao fim da atividade, o zagueiro Réver concedeu entrevista coletiva, na qual admitiu certo alívio pela segunda vitória da equipe no Brasileirão e fez elogios aos trabalho realizado pelo técnico interino Rodrigo Santana.

"A chegada do Rodrigo mudou algumas coisas na nossa equipe. Temos notado isso desde que ele assumiu, nos dois jogos da final do Campeonato Mineiro, no jogo da Libertadores e nos dois do Brasileirão. O Rodrigo é um cara que busca as informações e está buscando seu espaço. Tem um grande time nas mãos. Não quer deixar a oportunidade passar. Espero que tenha sucesso com a gente e que possamos dar essa resposta em campo", disse Réver.

O jogador defendeu o trabalho realizado pelo interino após a segunda vitória seguida do Atlético no Brasileirão. Com aproveitamento de 100% até agora, a equipe já desponta na tabela. A boa campanha contrasta com as recentes decepções do time: a derrota para o arquirrival Cruzeiro na final do Estadual e a queda precoce na Libertadores.

A sequência ruim no início do ano chegou a custar o emprego do técnico Levir Culpi. Santana deixou a equipe sub-20 para substituir o treinador. Ele assumiu o comando da equipe às vésperas das finais do Mineiro e já soma cinco partidas, vindo de dois triunfos seguidos.

A meta agora é alcançar a terceira vitória, diante do Ceará no sábado no Castelão, em Fortaleza. Mas, na avaliação de Réver, a missão não será das mais fáceis. "O Ceará vem em uma crescente grande desde o ano passado, desde a reta final do Brasileiro. Mudou muito sua postura e conseguiu manter isso. No Brasileirão, não tem jogo fácil, tem tudo para ser um grande jogo", declarou.

Na capital cearense, o zagueiro espera recuperar o ritmo de jogo, pois voltou ao time somente na noite desta quarta, na vitória sobre o Vasco por 2 a 1. "Fiquei 20 dias no departamento médico e, voltando, não tive problemas, não senti dores. Fico feliz pela volta e pelo que o time apresentou em campo", comemorou.

Em São Januário, o gol da vitória saiu somente aos 45 minutos do segundo tempo. E o herói do time foi o meia-atacante Chará, que também conversou com os jornalistas nesta quinta.

"O time vem jogando muito bem e ganhando confiança. Ganhar vai nos dar muita confiança. Agora é um novo campeonato e temos que fazer o possível para estar lá em cima. Jogo atrás de jogo. O time sabe que tem que fazer muitos pontos fora. Temos que aproveitar as partidas para ter uma boa recuperação", disse o jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.