Cesar Greco|Agência Palmeiras
Cesar Greco|Agência Palmeiras

Recuperado e driblando a ansiedade, Dudu reforça o Palmeiras

Atacante está curado de uma lesão na coxa direita

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2016 | 07h00

O Palmeiras conta com um importante reforço para a sequência da temporada. Recuperado de uma lesão na coxa direita, que o afastou dos gramados por um mês, o atacante Dudu pode ser a novidade na partida contra a Ponte Preta, sábado, às 16h, em Campinas, e assim, acabar com a ansiedade que tem afligido o jogador nas últimas semanas.

Dudu atuou pela última vez no dia 18 de abril, quando entrou aos 15 minutos do segundo tempo na vitória por 2 a 0 sobre o São Bernardo, no Allianz Parque. Antes, já com dores, entrou na partida contra o Corinthians, fez o gol da vitória por 1 a 0 e acabou agravando a contusão. A partir daí, foi uma disputa quase diária com os preparadores físicos e médicos do Palmeiras, já que o jogador demonstrou muita ansiedade para retornar aos gramados.

“É ruim ficar de fora. Eu sou um cara que gosto de jogar todas as partidas e ajudar meus companheiros. Talvez o meu excesso de vontade tenha atrapalhado um pouco, mas, graças a Deus, estou recuperado e não vejo a hora de atuar novamente”, disse o atacante, que participou de um jogo-treino contra o Juventus na segunda-feira.

Artilheiro do Palmeiras no ano passado com 16 gols,  Dudu teria, em condições normais, sua vaga garantida como titular no time de Cuca. O problema, porém, é que o Palmeiras vem de uma grande atuação na vitória por 4 a 0 sobre o Atlético-PR, com Róger Guedes tendo boa atuação. Ele é o mais cotado para sair da equipe em caso de retorno do antigo titular. Por isso, o treinador pode deixar Dudu como opção.

A tendência é que nesta quinta-feira, Cuca faça um trabalho tático e já mostre o time que vai levar a campo. A tendência é que ele repita a formação que derrotou os atleticanos na primeira rodada do Brasileiro, mas tenha Dudu como uma opção de luxo no banco de reservas.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.