Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Recuperado, Fagner será novidade em treino da seleção em Londres

Apesar do retorno, lateral-direito ainda não tem presença garantida no amistoso de domingo

Almir Leite / Londres, O Estado de S.Paulo

29 Maio 2018 | 07h00

O lateral-direito Fagner vai ser a novidade da seleção brasileira nos treinos com bola desta terça-feira, em Londres. O jogador do Corinthians já está fisicamente recuperado da lesão muscular na  coxa direita e deve treinar normalmente. Mas sua presença no amistoso de domingo contra a Croácia, em Liverpool, é  dúvida, embora ainda não esteja totalmente descartada.

+ Com Neymar, seleção brasileira realiza primeiro treino em Londres 

Fagner se machucou no dia 29 de abril, num jogo com o Atlético Mineiro, e chegou a ter a convocação ameaça. Mas depois de ser examinado pelo médico Rodrigo Lasmar dias antes de Tite anunciar a lista dos 23 que irão à Copa da Rússia, garantiu-se no grupo.

Na segunda-feira, Fagner chegou a dar algumas voltas pelo gramado do campo principal do CT do Tottenham, onde a seleção treina. Agora, só falta ir a campo e recuperar a forma fisica.  As chances de jogar em Liverpool cresceram com a antecipação do retorno de seu contato com a bola – a previsão inicial era para os treinos de quinta-feira.

Douglas Costa, porém, ainda continua na fase de fisioterapia. Ele já está fora do amistoso contra os croatas. Se puder atuar,o fará na partida de 10 de junho, contra a Áustria, em Viena.

A seleção brasileira treina na Inglaterra até o dia 8 de junho. Pela programação inicial, serão 10 dias de  atividades em Londres, no CT do Tottenham, três deles em dois períodos. Nesta semana, o “trabalho dobrado'' ocorrerá nesta terça e na quinta-feira.

Na sexta-feira, após o treinamento da tarde (15h30 pelo horário local, 11h30 de Brasília), a delegação embarca para Liverpool, onde no domingo faz o amistoso contra a Croácia.

Antes de chegar à Rússia, no dia 11 de junho, para se concentrar no quartel-general escolhido pela comissão técnica para a fase inicial da Copa do Mundo – o Brasil planeja ficar na cidade até as quartas de final, saindo para a semi -, a seleção faz escala em Viena, para realizar o último amistoso preparatório, contra a Áustria, em 10 de junho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.