Rodrigo Coca / Agência Corinthians
Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Recuperado, Luan pode reforçar Corinthians diante do Sport nesta quarta-feira

Jogador ficou fora dos últimos quatro jogos da equipe por conta de estiramento na coxa

Redação, Estadão Conteúdo

19 de setembro de 2020 | 17h56

O setor de criação vem sendo a grande dor de cabeça do Corinthians ao longo do ano. Até agora ninguém se firmou na armação das jogadas. Luan voltou aos treinos neste sábado e se tornou opção para dividir a função com o venezuelano Otero.

O Corinthians voltou aos trabalhos neste sábado - o elenco ganhou folga na sexta-feira por não ter jogo no final de semana - e Luan foi a grande novidade. Recuperado do estiramento na coxa direita que o tirou dos últimos quatro jogos do Corinthians, o meia trabalhou com o grupo e disputa posição com Mateus Vital.

Luan chegou com status de craque no começo da temporada, mas não conseguiu se firmar sozinho como meia. Acabou na reserva com o técnico Tiago Nunes e irritou os torcedores por não bater pênalti na final do Campeonato Paulista diante do Palmeiras - acusou dores musculares.

Como o técnico interino Dyego Coelho quer recuperar a moral dos jogadores - já resgatou o encostado Everaldo -, Luan pode ganhar chance para buscar uma volta por cima no clube.

Desde a chegada de Otero, torcedores ficam imaginando uma dobradinha com Luan no meio. Acreditam que, com a dupla, a bola chegaria mais limpa e com facilidade ao centroavante Jô. O ex-jogador do Grêmio terá chance de mostrar nos treinos se é capaz de ganhar a vaga. Coelho, apesar de "abraçar" o elenco, costuma cobrar bastante. Depende apenas do meia.

O jogo contra o Sport, pela 12.ª rodada, foi antecipado, será disputado nesta quarta-feira, no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, e o Corinthians tentará se afastar de vez da parte de baixo da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.