Recuperado, Lúcio espera ser decisivo

Com a ausência de Vágner Love, Lúcio assumiu a responsabilidade de levar o Palmeiras à final do Paulistão. Confiante na estrela que o acompanha em fases finais de campeonatos desde que ajudou o Ituano a ganhar o Estadual de 2002, o lateral está botando muita fé no seu taco. Ele, inclusive, corria o risco de desfalcar o time, depois de sentir uma lesão no treino de quinta-feira, mas foi liberado e vai para o jogo com o Paulista, neste sábado, no Palestra Itália."Quando chega a hora de decidir, minha estrela brilha mesmo. Faço jogadas que nem acredito. A motivação cresce, me sinto diferente", garantiu Lúcio, que está muito animado com seu momento na carreira."Não sei se marcarei amanhã contra o Paulista. Mas até a decisão com certeza deixarei o meu. Não me recordo de jogos finais em que não tenha participado dos lances principais da minha equipe. O exemplo mais recente é o Brasileiro da Série B do ano passado, quando marquei três gols nos momentos em que o Palmeiras mais precisou."A confiança, no entanto, não impediu Lúcio de avaliar com critério as reais possibilidades do Paulista. "É um time esperto, que conta com jogadores rápidos como Aílton, Isaías e Canindé. Pode até nos respeitar pela tradição da camisa, mas tentará neutralizar as jogadas pelas laterais, o ponto mais forte de nossa equipe. O importante é não se desesperar caso o gol não saia, continuar tocando a bola. E jogar sempre em função de quem estará em campo", afirmou o lateral do Palmeiras.

Agencia Estado,

26 de março de 2004 | 18h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.