Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Recuperado, Marcos volta a ser relacionado no Palmeiras

O retorno de Marcos será a maior novidade do Palmeiras para a partida desta quinta-feira, às 21h50, contra o Paulista, no Pacaembu. O goleiro foi relacionado pela primeira vez na temporada e pode voltar a jogar um confronto oficial depois de cinco meses afastado devido a uma lesão no joelho esquerdo.

AE, Agência Estado

26 de janeiro de 2011 | 10h35

A última vez em que Marcos defendeu o gol palmeirense num duelo de três pontos foi em setembro de 2010, na derrota por 3 a 2 para o Cruzeiro, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. A partir daí, ele foi substituído até o final do ano por Deola.

Marcos já havia participado como titular de cerca de 30 minutos do amistoso contra o XV de Piracicaba, no último dia 12. Desde então, o goleiro vinha fazendo um trabalho de reforço muscular para prevenir lesões.

A decisão sobre quem começará jogando diante do Paulista só deve ser anunciada pelo técnico Luis Felipe Scolari momentos antes da partida. Segundo o preparador Carlos Pracidelli, os goleiros estão em condições parecidas.

"A decisão de ele ser titular ou não será do Felipão e da comissão técnica. O mais importante é que decidimos levá-lo junto com o grupo, e o fato de ele fazer parte novamente do convívio já é super importante", disse Pracidelli, em entrevista coletiva ao site do Palmeiras.

O preparador também disse que o retorno de Marcos aos jogos será gradativo. "Ele está ansioso, nós conversamos. Neste retorno, as pessoas vão precisar ter calma. O Marcos vai precisar de mais uns três ou quatro jogos para se soltar e pegar ritmo de jogo. Mas se for decidido desde já que ele será titular, posso dizer que ele está preparado."

O Palmeiras vem de duas vitórias seguidas no Campeonato Paulista, contra Ituano e Oeste, e é o terceiro colocado, com sete pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasMarcos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.